21 de fevereiro de 2021

Covid-19

Governo, Indústria e sociedade lamentam a morte de Flávio Sabóya e Sérgio Bezerra

Vítimas do novo corona vírus, o presidente da Faec, Flávio Sabóya e o médico e empresário Sérgio Bezerra tiveram suas vidas ceifadas neste domingo, 21, deixando uma grande lacuna na sociedade cearense.

Sergio, Humberto E Norma Bezerra

Sérgio, Humberto e Norma Bezerra Foto: Portal IN/Balada IN

Sérgio Bezerra era filho do ex-banqueiro Humberto Bezerra, fundador do Bic Banco, falecido em março de 2020 também vitima do novo coronavírus e sobrinho do ex-governador Adauto Bezerra. Ele deixa esposa, Alessandra Piovesan e três filhos, Mila, Beatriz e Henrique.

Flávio Sabóya, que cumpria seu terceiro mandato consecutivo na presidência da Faec, estava internado há cerca de 15 dias no Hospital São Mateus. Ele tinha 77 anos completados no último mês de dezembro.

Em publicação no Twitter, o governador do Ceará Camilo Santana (PT) lamentou a morte de Flávio Saboya, destacando o trabalho do empresário para o desenvolvimento da agricultura e da pecuária do Estado e relembrando todas as vítimas da doença.

“Recebi com muito pesar a notícia da morte do presidente da Federação da Agricultura do Ceará (Faec), agrônomo Flávio Sabóya, vítima da Covid. Ele também era diretor da Confederação Nacional da Agricultura, e sempre trabalhou pelo desenvolvimento da agricultura e da pecuária do CE. Meus sentimentos aos seus familiares e amigos, e a todos os cearenses que perderam parentes para o coronavírus.”

Em nota assinada pela Fiec, a entidade também lamentou o falecimento de Saboya. O Sebrae e o secretário de Desenvolvimento Econômico e Trabalho do Estado do Ceará, Maia Júnior, também emitiram nota de pesar destacando a trajetória do presidente da Federação de Agricultura e Pecuária do Estado do Ceará(Faec).

F69f111f E307 415c 99bb Ee8f10ddf5fe

Nota de Pesar

 

Mais notícias

Ver tudo de IN Loco