26 de junho de 2020

Habilidoso

Coordenador da bancada federal cearense, Domingos Neto é o elo entre Bolsonaro e Camilo

D2373b7f 9748 4c6c 9852 41588deb05ae

Domingos Neto presenteia o presidente Jair Bolsonaro com uma manta de carneiro do Tauá, em sua passagem por Juazeiro

Casado com Lívia, pai do Tomás e  filho de Patrícia Aguiar e do ex-vice-governador Domingos Filho, Domingos Neto traz a política no sangue. Em seu terceiro mandato de deputado federal , o coordenador da Bancada do Ceará na Câmara e relator do PLOA 2020 é o principal elo entre o Palácio do Planalto e o Abolição. 

Exímio articulador, qualidade que herdou do pai, Domingos Neto tem sido peça chave na captação de recursos federais para o Estado e também fundamental na construção de uma ponte entre ministros do presidente Bolsonaro e o governador Camilo Santana.

Mas nem mesmo toda a habilidade do parlamentar foi capaz de fazer o governador comparecer à cerimônia de inauguração das obras da transposição do Rio São Francisco no Ceará, na manhã desta sexta-feira, 26.

Ontem(25), o coordenador da Bancada do Ceará na Câmara Federal acompanhou o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho ao Palácio da Abolição levando um convite do presidente Bolsonaro para que Camilo Santana comparecesse ao evento. À noite, Domingos Neto pilotou um jantar reunindo lideranças 20 lideranças empresariais no endereço de seu pai, em torno de Rogério Marinho.

Mesmo sem sucesso na missão de convencer Camilo – que prometeu visitar a área quando a pandemia passar – a participar do ato, Domingos Neto seguiu na companhia do ministro Rogério Marinho até o aeroporto de Juazeiro do Norte, onde aguardaram o desembarque do presidente Bolsonaro.

Antes de embarcar no helicóptero para Penaforte, onde acompanhou a chegada das águas do São Francisco juntamente com Bolsonaro e o restante da comitiva, o deputado presenteou o presidente com uma manta de carneiro do Tauá, tradição nos Inhamuns.

Domingos Neto, como relator do Orçamento, destinou R$ 180 milhões para a obra, que faz parte do Cinturão das Águas. Desse total, R$ 54 milhões já foram empenhados pelo Governo Federal.

Políticos, policiais militares, lideranças regionais  e candidatos a vereador aproveitaram a ocasião para abraçar e gravar vídeos com Bolsonaro.  Confira!

Mais notícias

Ver tudo de IN Connection