Test drive

Dirigindo o líder: Argo Drive 1.3 tem baixo consumo, bom conforto e ótimo “pé na estrada”

Por jota - Última Atualização 17 de agosto de 2021

Jota Pompílio, editor
Img 20210613 Wa0015

Fotos do editor

Mês passado, o hatch da Fiat foi o mais vendido no geral. E quem o comprou, sem dúvida, está feliz à beça e por motivos não faltam: design atualizado, espaço interno adequado e o bom desempenho do motor sem comprometer o consumo de combustível, detalhes importantes que já garantiram o porque da compra.

Img 20210613 Wa0017

Antes de ser líder maio, desde o começo deste ano, o hatch compacto da Fiat está entre os 10 carros mais vendidos no país. Rodamos cerca de 300 quilômetros por ruas em Fortaleza (CE) e rodovias até Guaramiranga (CE) com o Fiat Argo 1.3 Drive manual que tem preço a partir de de R$ 69.990 na CDA ou Vouga – ambas autorizadas Fiat do Grupo Carmais no Ceará.

O modelo dá uma ideia de esportividade. Não é à toa que seu câmbio é manual e quando você pisa fundo, acaba escutando aquele roncado rouco, típico dos esportivos. Bem completo, o bom acabamento valoriza o interior escurecido com detalhes cromados e em preto brilhante. Bancos revestidos em tecido, quadro de instrumentos analógico digital, volante multifuncional, ar-condicionado e central multimídia, entre outros itens, são de série.

25638918

Os 109 cv do motor 1.3 com gasolina garantiram desempenho adequado ao Argo. Os engates macios e rápidos do câmbio manual de cinco velocidades facilitaram a troca de marchas, principalmente nas reduzidas em ultrapassagens.

A direção elétrica facilitou a condução. A suspensão bem calibrada ignorou as irregularidades do pavimento, lombadas e quebra-molas sem comprometer o conforto.

Img 20210613 Wa0016

Na estrada

Nas velocidades mais elevadas como a 120 km/h, o ruído interno aumentou um pouco e ficou a certeza de que uma sexta marcha adicional permitiria melhor aproveitamento do competente conjunto propulsor. Porém, com câbio manual, o motor seguia valente!

A combinação dos ajustes de bancos e da coluna da direção, apesar de apenas com regulagem de altura, permitiram boa posição para dirigir.
—A direção elétrica progressiva facilitou a condução. O Argo é um carro compacto fácil de estacionar pelo tamanho e as manobras são facilitadas pela câmera de ré e sensores traseiros .

O Argo 1.3 é um dos carros mais econômicos de seu segmento, tá? A sacada da Fiat foi instalar sistema start-stop no modelo manual. Os testes laboratoriais do Inmetro dizem que o Argo faz 9,2 km/l na cidade e 10,2 km/l na estrada quando abastecido com etanol. Com gasolina, os números sobem para 12,2 km/l e 14,3 km/l, respectivamente.

Conclusão

São vários os motivos para levar o Fiat Argo 1.3 Drive para sua garagem. É um carro sem muitas frescuras e conta inda conta com uma boa central multimídia, acabamento de nível superior e conforto de sobra. Sem contar, é claro, que é um dos mais econômicos do segmento.

Mais notícias

Ver tudo de IN Road