Combustível limpo

Adeus à gasolina: Volvo não venderá mais carros a combustão no Brasil

Por jota - Em 24 de maio de 2021

Jota Pompílio, editor

Volvoxc40 Pureelectric Foto Fabioaro 013

Assim como a japonesa Lexus, a sueca Volvo vai abandonar os motores a combustão no mundo. Traduzindo: em seu portifólio, a marca não venderá modelos a gasolina ou a etanol. E o plano inclui comercializar apenas veículos híbridos e elétricos em nosso país já a partir deste ano.

Download

E para coroar o momento, o ponto alto foi a apresentação do XC40 Recharge Pure Electric, que chega ao país por R$ 389.950. O SUV, de zero emissões, já está disponível para pré-venda no site da fabricante ou diretamente nas concessionárias. Em Fortaleza, a marca é representada pela GNC Suécia.

São 300 unidades disponíveis para pré-venda que durará até setembro se o lote não acabar antes. A previsão de chegada do modelo às lojas também é para o nono mês do ano. Os clientes que adquirirem o XC40 neste período terão benefícios como três anos de garantia, Três anos de revisões custeadas pela Volvo, Três anos de Volvo On Call, Oito anos de garantia para a bateria e Carregador Wallbox e instalação gratuita.

O primeiro SUV 100% elétrico da Volvo no Brasil é munido de dois motores elétricos, um sobre cada eixo, que juntos entregam 413 cv. De acordo com a marca, o modelo vai de 0 a 100 km/h em 4,9 segundos. A bateria de 78 KWh oferece 420 km de autonomia.

Volvo Xc40 Recharge 2020 1600 08

Volvo Xc40 Recharge 2020 1600 08

O Brasil foi o segundo país em que a marca sueca tirou de linha todos os carros 100% a combustão. O primeiro foi a Noruega. Mas a história de automóveis híbridos da Volvo em Terras Tupiniquins é recente. Começou em 2018, quando o XC90 Plug-in Hybrid desembarcou no país.

Para dar certo, a meta da Volvo é ter pelo menos 1.000 pontos de recarga instalados no Brasil, ainda este ano. Os carregadores poderão ser usados em qualquer veículo híbrido ou elétrico, mesmo que não seja da marca sueca.

Mais notícias

Ver tudo de IN Road