13 de maio de 2020

Homewear

Roupas confortáveis são tendência durante e pós-quarentena

Cats

Maria Lúcia Negrão vestindo Lenita

Aos poucos, as antigas rotinas, que eram cheias de compromissos presenciais e grandes deslocamentos entre um local e outro, foram substituídas por videoconferências, trabalhos remotos e aulas online.

A pandemia fez com que as pessoas precisassem se reinventar para encontrar composições de roupas alternativas e atingir conforto e o bem-estar estando, ao mesmo tempo, arrumado. Assim, o homewear entrou em pauta com a popularização do compartilhamento dos looks adaptados ao home office, compostos de moletom, camisas sociais e pantufa.

“A Victoria’s Secret, por exemplo, sempre teve camisetinhas que serviam para colocar por baixo de uma camisa transparente. A marca colocou, no entanto, enfeites, rendas e ela ficou ‘bonita’ o bastante para se mostrar”, afirma a professora de direito da moda na Universidade Presbiteriana Mackenzie, Renata Domingues.

Mesmo com o término da quarentena, os especialistas afirmam que a novidade irá acompanhar as pessoas até os escritórios, já que a preferência ao conforto deve se manter. Além disso, o número de empresas que adotam o home office deve crescer 30%, de acordo com o estudo Tendências de Marketing e Tecnologia 2020, realizado pela FGV.

Nicole

Nicole Vasconcelos de Interni

Há algumas roupas em particular que podem ser usadas para aliar o conforto e o estilo clássico do escritório. Marcas cearenses, como a Lenita e a Interni apostaram em peças “confy” em suas últimas coleções, com opções que são ideais tanto para casa, como escritório, e que  agradam os mais variados gostos.

Na Interni, por exemplo, você pode fazer a compra online pelo e-commerce, com 15% de desconto e frete grátis para todo o Brasil. Já no site da Lenita, os clientes ganham 5% off na primeira compra. Basta acessar o site, escolher seus looks e receber em casa com conforto e segurança. Fica a dica!

 

Mais notícias

Ver tudo de Lifestyle