De volta aos palcos

Ricardo Bacelar apresenta seu show “O viver é de improviso” no Festival de Jazz de Guaramiranga

Por carol - Em 15 de setembro de 2021

O pianista e compositor Ricardo Bacelar apresenta seu show “O viver é de improviso” no Festival de Jazz de Guaramiranga de 2021. O título faz referência à letra da música “Vício Elegante” de autoria de Ricardo e Belchior, que traz uma referência importante, pois o improviso é a linguagem do jazz. Além disso, defende que a música é um reflexo direto de nossa própria vida.

3a769469 Afe3 42a0 Bfcf 98130ace55a1

Ricardo Bacelar

Nessa apresentação, convidou amigos músicos talentosos e experientes, com quem já tocou diversas vezes: Cristiano Pinho (guitarra), Pantico Rocha (bateria), Márcio Resende (sax e flauta) e Nélio Costa (contrabaixo). Três deles são remanescentes da Banda Oficina (Cristiano, Pantico e Nélio), grupo que se destacou na cena da música instrumental dos anos oitenta.

O repertório do show traz músicas suas e de outros compositores que estão em seus discos, além de algumas surpresas. O disco recém lançado, “Paracosmo”, disponibilizado em abril deste ano, nos sistemas de streaming e em CD, em parceria com o violonista Cainã Cavalcante, traz sete músicas inéditas e foi lançado no Brasil, Estados Unidos e Japão, com destaque em playlists internacionais de jazz e na imprensa especializada.

O álbum anterior, “Ao Vivo no Rio”, lançado em 2020, em plena pandemia, esteve durante várias semanas entre os cinquenta discos mais executados nas rádios de jazz dos Estados Unidos, gravado ao vivo na casa de concertos Blue Note, no Rio de Janeiro.

O álbum “Sebastiana”, lançado em 2018 e gravado nos Estados Unidos, também esteve entre os álbuns mais executados por lá, conforme aponta o chart Jazz Week, ranking americano de jazz que elenca os artistas com mais execuções nas rádios americanas. Ricardo vem se dedicando à carreira internacional e trabalhando seus discos no exterior.

Mais notícias

Ver tudo de IN Loco