9 de abril de 2021

Luto na Monarquia

Principe Philip morre na Inglaterra. Marido da rainha Elizabeth II faria 100 anos em junho

Principe Philip 27012019145925799

Principe Philip

Morreu, aos 99 anos, o príncipe Philip, marido da rainha Elizabeth II, nesta sexta-feira (09), no Palácio de Buckingham, Reino Unido.

A causa da morte ainda não foi relevada. O príncipe iria completar 100 anos em junho deste ano. Em fevereiro, Philip precisou ser internado e passou por uma cirurgia cardíaca, recebendo alta um mês depois. “É com profunda tristeza que Sua Majestade a Rainha anuncia a morte de seu amado marido, Sua Alteza Real, o Príncipe Philip, Duque de Edimburgo”, disse o palácio em nota.

Ainda de acordo com o comunicado, o príncipe faleceu esta manhã no Castelo de Windsor e, novos anúncios serão dados no tempo certo. Mas, neste momento, a Família Real estará reunida com as pessoas em luto por sua perda.

História

Microsoftteams Image.

Princípe Philip, duque de Edimburgo

Philip da Grécia e da Dinamarca nasceu no dia 10 de junho de 1921.

Ele e a rainha se casaram em 20 de novembro de 1947, quando Elizabeth ainda era princesa. Eles se conheceram em 1939, quando a futura rainha ainda tinha 13 anos e o príncipe 18. “Lilibet”, apelido dado à rainha ainda princesa, disse que sentiu amor à primeira vista ao ver o homem louro e alto de olhos azuis, porém, ele não sentiu nada por Elizabeth.

Captura De Tela 2021 04 09 Às 09.19.29

Príncipe Philip, duque de Edimburgo

Philip Mountbatten foi enviado para Malta, mas a carreira militar teve de ser interrompida por conta da entrada da rainha ao trono, em 1952, aos 25 anos, fazendo o príncipe renunciar ao militarismo. Vale lembrar que ele ingressou na Marinha Britânica e participou ativamente na Segunda Guerra Mundial.

Philip, então, passou a desempenhar um papel secundário ao lado da rainha, onde a acompanhava em visitas reais. Porém, há algum tempo, o príncipe foi alvo da imprensa por conta dos comentários que realizava, às vezes espontâneos, outros inadequados e, muitas vezes, racistas. Exemplo foi, em 1986, quando aconselhou estudantes britânicos na China a não continuarem no país por muito tempo para não acabarem com os “olhos rasgados”.

Já em uma visita à Austrália, em 2002, Philip perguntou a um aborígene se “ainda disparava flechas”. Outra ocasião com falas preconceituosas foi quando o príncipe respondeu a um garoto que gostaria de ser astronauta: “nunca poderá voar, está muito gordo”.

Apesar de todas as falas polêmicas, o príncipe conseguiu ganhar a simpatia dos britânicos com o trabalho incentivando quase 800 organizações.

Trajetória

303268 Imagem Noticia 0

Príncipe Philip – Foto: Getty Images

Famoso por seu caráter forte, mas também por suas gafes e piadas de mau gosto, o príncipe Philip foi hospitalizado em fevereiro por “precaução” após sentir-se mal. O Palácio de Buckingham especificou alguns dias depois que essa hospitalização se devia a uma infecção.

Seu filho Charles o visitou no primeiro fim de semana de hospitalização. Casado desde 20 de novembro de 1947 com Elizabeth II, cinco anos mais jovem que ele e rainha desde 1952, o príncipe Philip quebrou o recorde de longevidade para todas os cônjuges de monarcas britânicos em 2009.

Tendo participado de mais de 22 mil compromissos públicos oficiais desde a ascensão de sua esposa ao trono em 1952, o duque se aposentou da vida pública em agosto de 2017.

Desde então, foi hospitalizado várias vezes, a penúltima, em dezembro de 2019, por “problemas de saúde pré-existentes”.

Em janeiro de 2019, ele se envolveu em um acidente de carro quando o Land Rover que conduzia bateu em outro veículo ao sair de uma estrada perto de Sandringham. Philip saiu ileso, mas foi forçado a parar de dirigir.

Devido à pandemia do coronavírus, ele passou o último ano confinado no Palácio de Windsor com a rainha, exceto por uma estadia de verão em seu castelo escocês de Balmoral.

A monarca e seu marido foram vacinados em janeiro contra a covid-19. Elizabeth II não visitou o duque no hospital.

Philip nasceu em Corfu em 10 de junho de 1921, com os títulos de príncipe da Grécia e Dinamarca. Quando tinha 18 meses, seu tio rei da Grécia foi obrigado a abdicar, e seu pai foi exilado do país após a guerra greco-turca. Junto aos seus pais e suas quatro irmãs, Philip fugiu a bordo de um navio do Exército britânico.

Após estudar em um internato na Escócia, em 1939 entrou no Royal Naval College de Dartmouth, no sul da Inglaterra. Foi nessa época que conheceu a então princesa Elizabeth, com quem tem quatro filhos: Charles, Anne, Andrew e Edward.

 

Mais notícias

Ver tudo de IN Loco