15 de setembro de 2020

Rumo ao topo

Em seis meses no ar, CNN é preferência da audiência jovem entre os canais de notícias

Tais Lopes

Tais Lopes

A CNN Brasil acaba de completar seis meses no ar e, neste curto período, já conquistou o segundo lugar entre os canais de jornalismo no Pay TV. Além disso, também estabeleceu dois diferenciais: reúne o público mais jovem e com maior percentual de AB do segmento.

De março a setembro deste ano, o canal conquistou 58% de seu público entre 18 e 59 anos; e 39% na faixa de mais de 60 anos. Seu principal concorrente, por exemplo, tem perfil inverso: a maioria de seu público (52%) está na faixa de mais de 60 anos.

No ranking da classe econômica, a CNN Brasil conseguiu uma qualificação marcante: é o canal de jornalismo com o maior percentual de público AB do país, com 79% de seu público neste segmento, e o segundo no ranking geral do Pay TV.

Desde a estreia, em 15 de março, a CNN sustenta a média de 0,3 ponto de audiência no Painel Nacional de Televisão (PNT), na faixa das 07h às 24h. Para efeito de comparação, o índice já representa um terço do seu principal concorrente, com 24 anos no mercado, que no mesmo período cravou 0,9 de média. Os demais canais de jornalismo ficaram com 0,1 ponto.

Com um time de jornalistas de peso, entre nomes como Evaristo Costa e William Waack, a CNN apostou em cheio em novos rostos na telinha, contratando profissionais jovens e cheios de potencial, como foi o caso da jornalista cearense Tais Lopes.

Na emissora, ela está à frente dos Jornal CNN, que vai ao ar às 21h, e também participa de toda programação multiplataforma. “A Tais é uma jovem muito talentosa e já acumula experiência em praticamente todas as áreas do jornalismo. Um grande reforço ao time”, disse o CEO and founder da CNN Brasil, Douglas Tavolaro, na época da contratação.

Mais notícias

Ver tudo de Notas