1 de junho de 2020

Retomada

Com protocolos de biossegurança, Shopping Iguatemi se prepara para reabrir na próxima semana

Fachada Iguatemi

Iguatemi

Se preparando para a retomada em seu funcionamento, o Shopping Iguatemi Fortaleza acaba de divulgar seu Plano de Reabertura com os protocolos de biossegurança que deverão ser seguidos pela administração do mall, colaboradores, lojistas, prestadores de serviço e clientes a partir do próximo dia 8 de junho.

Segundo o superintendente do shopping, Wellington Oliveira, “o Iguatemi Fortaleza planeja a volta da sua operação baseada em experiências nacionais e internacionais, boas práticas de outros setores e recomendações de profissionais da saúde para o processo de reabertura, com informações relacionadas a duas fases, além de seguirmos todas as determinações legais contidas nos decretos federais, estaduais e municipais”, esclarece.

Nesta primeira fase, o shopping abrirá diariamente, das 12h às 20h, só sendo permitido o acesso de pessoas usando máscaras. A grande maioria das lojas retornará suas atividades, com exceção as operações de alimentação, atividades de entretenimento, parques infantis, salas de cinema, eventos e apresentações de teatro. Além disso, alguns espaços e serviços oferecidos pelo empreendimento também terão seu uso limitado.

Iguatemi 1

área interna

Estão suspensos ainda os serviços de vallet, fraldário e empréstimo de carrinho de bebê e cadeiras de rodas. Ficam limitados os acessos a elevadores, sanitários e áreas administrativas. Meia hora antes do fechamento do shopping, será comunicado no sistema de áudio o tempo para o encerramento das atividades e o incentivo para antecipar o pagamento do estacionamento, evitando assim aglomerações e filas.

Todas as medidas de higienização e limpeza serão intensificadas e continuarão sendo aplicadas enquanto perdurar a pandemia. Os colaboradores do shopping envolvidos nas ações de combate ao COVID-19 serão treinados por especialistas nas áreas de saúde, comportamento e segurança. O shopping também preparou uma cartilha para orientação dos lojistas com recomendações gerais e específicas com base no segmento de atuação.

Dentre as determinações do Plano de Abertura está definido que o acesso ao estacionamento será realizado sem a necessidade de apertar botões para retirada de tíquete, que deverá ser automática. O número de andares para estacionamento dos veículos também será reduzido, com o intuito de diminuir ao máximo a necessidade de elevadores.

Iguatemi

O Shopping Iguatemi Fortaleza também vai implantar um sistema automático de contagem de público para limitar o número de pessoas. O parâmetro a ser utilizado pelo Iguatemi Fortaleza será o de uma pessoa para cada 12m² de área do shopping, mais seguro que as recomendações internacionais de uma pessoa para cada 5m².

A higienização dos ambientes será reforçada, com periodicidade além do recomendado pelos órgãos competentes e autoridades de saúde. Serão instaladas lâmpadas UVC nas casas de máquinas do sistema de ar-condicionado, troca de filtros mensalmente, renovação de ar exterior com portas do shopping sendo mantidas abertas durante todo o período de funcionamento, e a instalação de lâmpadas UVC nas escadas rolantes para garantir que estejam sempre desinfetadas.

Já no interior das lojas, os lojistas serão orientados a seguir as determinações das autoridades e adotar controles visando limitar o acesso de clientes. Também será reduzida em 30% a quantidade de portas de acesso de pedestres, que passarão por aferição de temperatura ao entrar no shopping.

Todo o mobiliário móvel do shopping será removido das áreas comuns, evitando aglomerações. Em caso de móveis fixos, serão instalados adesivos orientando o afastamento mínimo. O Plano restringe também o acesso de fornecedores e amplia a comunicação visual e informativa com o cliente.

“Shoppings são ambientes em que as pessoas circulam de forma organizada, espaçada, com grande amplitude de horário. Além disso, há controle de fluxo, higienização e limpeza constantes, o que torna os shoppings ambientes seguros e que podem auxiliar na divulgação de campanhas relacionadas à saúde pública”, reforça Wellington Oliveira.

Mais notícias

Ver tudo de Notas