14 de fevereiro de 2020

FLASH IMOBILIÁRIO

Vendas de imóveis já atingem os R$ 184 milhões em janeiro

Vendas de apartamentos estão subindo                       Foto: Divulgação

O empresário Ricardo Bezerra realizou o primeiro Flash Imobiliário de 2020, nesta sexta-feira (14), apresentando os resultados de vendas de imóveis em Fortaleza e sua Região Metropolitana, destacando logo na abertura, os bons números da construção civil em São Paulo e outros estados brasileiros, devido à queda dos juros, que devem se repetir no Ceará.
Tanto que no mês passado foram vendidas 170 unidades dos quatro diferentes tipos de padrões de Residenciais Verticais, uma alta de 22% na comparação com dezembro de 2019. Mas o VGV atingiu o total de R$ 128 milhões (-34%), pois foram vendidas mais unidades de padrão médio, com tíquete menor.
No segmento de 2ª Moradia, foram comercializadas 12 unidades em janeiro, número igual ao registrado em dezembro do ano passado, sendo a maioria no Porto das Dunas (8). Entretanto, o VGV de R$ 9 milhões, ficou 18% abaixo do mês anterior.
Já nos Residenciais Horizontais também foram vendidas 12 unidades, uma alta de 33% em relação a dezembro, e VGV de R$ 8 milhões, 14% acima do mês anterior. Destaque para o Eusébio, com oito casas em condomínio comercializadas.
Dentre os projetos do Minha Casa Minha Vida na RMF foram vendidas 250 unidades (23% a mais que dezembro) e VGV de R$ 36 milhões, alta de 24% frente ao mês anterior. O segmento de salas comerciais foi o que amargou os piores resultados, com apenas sete salas comerciais vendidas em janeiro.
“A expectativa para este ano é bastante positiva, pois janeiro começou bem, com vendas de R$ 184 milhões e se for anualizado isso, supera a casa dos R$ 2 bilhões no ano. Com vendas expressivas nos Residenciais Verticais, apartamentos, que é a base do mercado”, disse o proprietário da Lopes Immobilis.
Ele ressaltou que foi feita uma revisão no pipeline de lançamentos, que vão voltar a ocorrer e superam os R$ 3 bilhões. “Com isso volta a geração de empregos, a movimentação da economia. Os lançamentos devem ocorrer no segundo semestre, pois queremos zerar os estoques e, inclusive, faremos o Feirão Imóvel Fest, em março, no RioMar Fortaleza”, avisou Ricardo Bezerra.

Mais notícias

Ver tudo de IN Business