Negócios
7 de novembro de 2017

Tasso confirma que disputará a presidência do PSDB

O senador Tasso Jereissati confirmou, ontem à tarde, à bancada de senadores do PSDB, que será candidato à presidência do partido, na Convenção Nacional que está marcada para o próximo dia 9 de dezembro. Ele, que já ocupa o cargo interinamente, após o afastamento do tucano mineiro Aécio Neves por denúncias de corrupção, vem sendo apontado por diversos políticos de peso do partido, especialistas em política, além de empresários, como sucessor natural para o cargo. Em um almoço com a bancada peessedebista do Senado, Tasso afirmou que pretende manter-se à frente dos destinos do partido.

Amanhã (8), ele deve oficializar sua candidatura, que foi anunciada no encontro tendo a presença do governador de Goiás, Marconi Perillo, que também já anunciou que pretende se candidatar à disputa pela presidência do PSDB. Apesar disso, a maior parte da bancada do partido no Senado espera que não haja uma disputa, mas sim um consenso entre os dois postulantes ao cargo, antes da realização da executiva nacional. Tano que, na noite e ontem, senadores e deputados do PSDB reuniram-se com Tasso, em seu gabinete, para traçar estratégias visando à executiva do partido.

Anteontem (6), alguns dos principais senadores do PSDB, como Pérsio Arida, Elena Landau, Edmar Bacha, Luiz Roberto Cunha e Bolívar Lamounier, considerados os intelectuais do partido, publicaram um manifesto onde defendem, abertamente a candidatura de Tasso à presidência do PSDB. Isso, devido à postura coerente que o senador cearense adotou durante toda a sua vida pública. Eles querem, ainda, o imediato desembarque dos tucanos, do governo de Michel Temer.

 

Tasso Jereissati confirmou que é cadidato à presidência do PSDB, durante almoço em Brasília

Fot: Balada In  

Deixe seu comentário

Siga o @BaladaIN no Instagram