ACELERAR O DEBATE

Ricardo Cavalcante quer regulamentação da produção de energia eólica offshore

Por Marcelo - Em 20 de abril de 2021

Ricardo Cavalcante quer acelerar a regulamentação do PL 576/2021               Foto: Divulgação

O presidente da FIEC, Ricardo Cavalcante, promoveu uma reunião virtual com o deputado federal Danilo Forte, presidente da Frente Parlamentar pelas Energias Renováveis do Congresso Nacional, para debater o Projeto de Lei 576/2021. O evento online, realizado nesta segunda-feira (19), discutiu sobre a regulamentação de geração de energias renováveis na costa brasileira, em especial a eólica offshore.

O objetivo do encontro foi debater os desafios para implantação de projetos offshore, através da apresentação de questionamentos e dados de empresários do setor energético, a criação de um espaço de diálogo com o poder público, e o fortalecimento de possíveis projetos no Ceará. O tema é muito relevante para o Estado, pois impacta na implementação de projetos como a da criação de usinas de hidrogênio verde, que utilizarão como uma de suas fontes a energia eólica offshore.

Estiveram presentes, ainda, Adão Linhares Muniz, secretário executivo de Energia e Telecomunicações do Ceará; Luis Carlos Queiroz, presidente do Sindienergia-CE; Jurandir Picanço, consultor do Núcleo de Energia e presidente da Câmara Setorial de Energias Renováveis do Ceará da FIEC; Além dos empresários Lauro Fiúza Júnior (Servtec Energia); Lúcio Bonfim (BI Energia); Ricardo Simões (Vista Energia); Adriano Huland (R.Amaral Advogados), e Aloisio Neto (Aloisio Neto & Sérgio Ximenes Advogados Associados).

Respira Ceará

Ricardo Cavalcante também confirmou parceria da FIEC com o Movimento Respira Ceará, durante reunião online promovida pela vice-governadora Izolda Cela e o superintendente da Área de Gestão Pública e Socioambiental do BNDES, Júlio Costa Leite. A ação tem como nobre missão articular parcerias e doações para financiar usinas de oxigênio para os municípios cearenses, dentro das atividades de enfrentamento à Covid-19.

“A FIEC esteve e sempre estará junto ao estado e a sociedade cearense apoiando causas para salvaguardar vidas. Unidos podemos fazer muito mais pelos nossos cidadãos e fortalecer importantes medidas de combate à Covid-19”, declarou o presidente da FIEC, Ricardo Cavalcante.

Integrantes do Governo do Ceará, FIEC, BNDES e CBPCE participaram da reunião virtual do Movimento Respira Ceará

A ideia do Projeto é implementar 42 usinas de criação de oxigênio, através de uma ação de matchfunding, no qual futuros parceiros doam o valor da construção de uma usina e, em contrapartida, o BNDES doa igual valor. A empreitada surge como uma alternativa para solucionar problemas como os de distribuição de oxigênio para pacientes com coronavírus nas diversas regiões cearenses, sendo os equipamentos mantidos após o período da pandemia.

O Movimento Respira Ceará é uma ação do Governo do Ceará com a adesão e apoio de diversas instituições, entre elas o BNDES, a Câmara Brasil Portugal no Ceará e a FIEC. Participaram do encontro online ainda o secretário da Saúde do Ceará, Dr. Cabeto; o secretário das Relações Internacionais do Ceará, César Ribeiro; o presidente da CBPCE, coronel Wandocyr Romero, e o procurador-Geral de Justiça, Manuel Pinheiro.

Mais notícias

Ver tudo de IN Business