24 de setembro de 2020

MAIOR ESTRUTURA

Ricardo Cavalcante inaugura novo prédio do CIN e faz homenagem a Carlos Prado

O presidente da FIEC, Ricardo Cavalcante, inaugurou nesta quinta-feira (24) o novo espaço do Centro Internacional de Negócios, que ganhou uma estrutura mais ampla e moderna, agora localizada no térreo da FIEC. O novo prédio faz uma homenagem ao primeiro vice-presidente da instituição, Carlos Prado.

Ricardo Cavalcante e Carlos Prado, dupla dinâmica na FIEC                   Foto: Portal IN News

Para a gerente do CIN, Karina Frota, a homenagem a Carlos Prado é mais do que justa, e ressalta o novo momento vivenciado pelo CIN. “O Centro Internacional de Negócios foi especialmente preparado para ofertar soluções customizadas aos empresários que querem internacionalizar sua empresa. No CIN é possível encontrar informações estratégicas para ajudar o empresário cearense no desenvolvimento de um fluxo de negócios internacionais sustentáveis”, disse.

O empresário Eduardo Bezerra, um dos criadores do CIN, também foi homenageado. A ‘Sala das Nações’ do CIN leva o nome dele. Eduardo de Castro Bezerra Neto ingressou na FIEC em 1995, como superintendente geral, e depois foi superintendente do CIN.

Determinação

Carlos Prado é um dos maiores empresários do ramo do agronegócio brasileiro. Natural de Marília, é o terceiro dos sete filhos do agricultor João Horta do Prado e de Lupérsia Bernandes Prado. Chegou ao Ceará em agosto de 1973, quando fundou a Cemag. Desde então, aliado à sua atuação empresarial, tem colaborado fortemente com as atividades classistas.

Destacou-se como participante/fundador do Pacto de Cooperação do Ceará e do Agropacto – Pacto de Cooperação da Agropecuária do Ceará. Em 1995, durante a gestão de Fernando Cirino Gurgel na presidência da FIEC, liderou a criação do Trade Point do Ceará, como braço do Ministério de Relações Exteriores.

Novo prédio do CIN faz uma justa homenagem ao empresário Carlos Prado

Em 1998, o Trade Point foi transformado em CIN, para desenvolver a cultura exportadora no Ceará. Em 2002, liderou a Plataforma Regional do Agronegócio do Caju, que abrangeu todo o Nordeste, e foi coordenada pela FIEC. Em 2012/2013, colaborou com a coordenação do Movimento Integra Brasil – O Nordeste no Brasil e no Mundo, iniciativa do CIC, com apoio da FIEC.

Carlos Prado presidiu, ainda, a Comissão Nacional de Fruticultura da Confederação Nacional da Agricultura (CNA) e foi membro do Conselho de Integração Nacional da CNI, como representante da FIEC. Em 2017 foi homenageado com a Medalha do Mérito Industrial.

Mais notícias

Ver tudo de IN Business