APOIO AO MAIS NUTRIÇÃO

Ricardo Cavalcante homenageado pelo Governo do Ceará, debate fortalecimento do setor e cobra maior desburocratização

Por Marcelo - Em 22 de junho de 2021

O presidente da Federação das Indústrias do Estado do Ceará, Ricardo Cavalcante, recebeu uma homenagem do governador Camilo Santana pelos esforços aplicados na implantação da unidade Mais Nutrição Cariri, durante reunião na tarde desta terça-feira (22), no Palácio da Abolição.

Camilo Santana entrega placa homenageando Ricardo Cavalcante                  Foto: Divulgação

Ainda durante o encontro foram discutidas políticas de fortalecimento para o setor industrial cearense, questões relativas ao Fundo de Desenvolvimento Industrial do Ceará (FDI) e do setor de construção civil. Sempre visando acelerar o processo de retomada econômica cearense após a pandemia de Covid-19.

O projeto Mais Nutrição combate o desperdício de alimentos e garante segurança alimentar e nutricional para crianças e jovens cearenses. A nova unidade, inaugurada ontem em Barbalha, conta com linha de produção, banco de alimentos e central de distribuição do Mais Nutrição.

A FIEC, através do Senai Ceará, vai realizar a capacitação da população assistida pelo projeto, bem como dos profissionais que atuam na linha de frente no combate à insegurança alimentar, bem como entrará com os equipamentos.

Almoço com deputados

Ricardo Cavalcante também participou de um almoço na FIEC, com vários representantes da Assembleia Legislativa do Ceará, onde apresentou aos parlamentares liderados pelo presidente Evandro Leitão, alguns dos principais desafios enfrentados pelos industriais cearenses no dia a dia, bem como ressaltou a importância da inovação. Os deputados Sérgio Aguiar, George Lima e Salmito estiveram presentes.

André Montenegro e deputado Salmito durante o almoço realizado na FIEC

“A gente tem uma legislação que em alguns casos é arcaica, ficou velha. Estamos vivendo um mundo hoje em que se compra tudo pelo celular, um mundo virtual e a gente tem muita legislação ainda, que precisa mandar documentos para órgão, e o órgão não sabe porque recebe e a gente não sabe porque manda”, disse.

E destacou que é preciso haver uma desburocratização e maior agilidade nos trâmites dos processos, para ampliar a competitividade da indústria nacional. “Acho que a gente poderia fazer esse trabalho, que já foi desenvolvido pelo André Siqueira, presidente do CIC, junto ao Governo do Estado. A Roseane Medeiros e o Maia Júnior também estão participando e a gente pode, sim, melhorar a vida de muitos empresários”, salientou Ricardo Cavalcante.

O presidente da Assembleia afirmou que a Casa está de portas abertas para debater as reivindicações do setor industrial cearense. “Estamos de braços abertos para discutir essa mensagem. Em alguns momentos não chegamos àquilo que a Federação quer, que o segmento produtivo quer, mas pelo menos tentamos nos aproximar. E é dessa forma que eu vejo o Estado crescendo e a nossa cidade crescendo”, afirmou Evandro Leitão.

Parlamentares e empresários debateram alguns dos principais desafios do setor produtivo cearense durante o evento na FIEC

Mais notícias

Ver tudo de IN Business