6 de abril de 2021

EM MINAS GERAIS

Rede D’Or compra 51% do Biocor e entra no terceiro mercado de saúde do País

O mercado de aquisições no segmento de operadoras de planos de saúde está muito aquecido no Brasil e, prova disso, é que a Rede D’Or anunciou a compra de 51% do Biocor Instituto, um hospital de alta complexidade tradicional em Belo Horizonte. O valor da transação foi de R$ 382,5 milhões e nenhuma dos envolvidos utilizou assessores financeiros para sua efetivação.

Biocor é um hospital de alta complexidade de Belo Horizonte                         Foto: Divulgação

Esta compra vai aumentar, no curto prazo a fortuna do dono da rede hospitalar nacional, Jorge Moll Filho, filho do fundador do Grupo D’Or, que após o IPO da empresa, em dezembro de 2020, saiu da 16ª colocação para a 3ª na lista da Forbes sobre bilionários brasileiros, com uma fortuna de US$ 12,8 bilhões.

A expectativa da Rede D’Or é que o Biocor deva realizar uma receita de R$ 300 milhões até o fim de março de 2021, além de um Ebitda de R$ 70 milhões. Os médicos Erika e Ektor Vrandecic, filhos do fundador do Biocor, Mário Vrandecic, continuam como sócios ativos do hospital mineiro.

De acordo com o Brazil Journal, o Biocor possui 350 leitos atualmente, mas a Rede D’Or já anunciou que vai aproveitar o potencial construtivo do complexo e abrir entre 150 e 200 novos leitos até 2024. Além disso, levará para a capital mineira a bandeira Star, que é a sua marca premium.

Com esta aquisição, a Rede D’Or pretende fazer frente às suas concorrentes Hapvida e NotreDame Intermédica, no terceiro maior mercado nacional, representado por Minas Gerais. Afinal, em 2020 o Hapvida comprou o Hospital Vera Cruz e a Intermédica adquiriu o Lifecenter.

Mais notícias

Ver tudo de IN Business