QUALIFICAÇÃO

Rede de ensino busca novos franqueados para implementar fase de expansão no Ceará

Por Marcelo - Em 12 de fevereiro de 2020

Grau Técnico vai expandir ações no Ceará                   Foto: Divulgação

A rede de ensino profissionalizante Grau Técnico é a franquia carro-chefe do grupo pernambucano Grau Educacional, que já conta com cinco unidades no Ceará, sendo quatro na Grande Fortaleza e uma em Juazeiro do Norte.
E, agora, pretende expandir sua atuação no Estado, e busca investidores para abrir novas franquias nos municípios de Maracanaú, Caucaia e Sobral, ainda no decorrer deste ano. Também deve trazer três unidades do Grau Profissionalizante, ampliando o leque de cursos oferecidos.
O Ceará é, hoje, o terceiro mercado mais relevante para a rede de ensino, atrás apenas de Pernambuco e São Paulo. E, como está atraindo novos investimentos devido à sua excelente situação fiscal, a necessidade de expandir negócios aqui se consolida.
Com quase 70 unidades, presente em 17 estados das cinco regiões do País – e com perspectiva de 200 escolas em operação até o fim de 2021 -, o Grau Técnico oferece mais de 30 cursos nas áreas de saúde, negócios, tecnologia e indústria.
Sua taxa de empregabilidade é de 75% e em breve o grupo Grau Educacional começará a operar com as franquias Grau Médio Técnico, Colégio Grau e Faculdade Grau, ampliando seu principal conceito de negócio, que é transformar a vida das pessoas.
Segundo Ruy Porto Carreiro Filho, diretor geral do Grau Educacional, cada escola tem uma agência de emprego, que faz a parceria com diversas empresas, a fim de inserir os alunos no mercado de trabalho, que seja primeiro emprego ou recolocação.
No Ceará, empresas como M. Dias Branco, SVM, Transnordestina, Pague Menos, Prefeitura de Fortaleza, Grendene, Cimento Apodi, dentre outras, possuem convênios e parcerias com o Grau Técnico.
Para Camilo Reis, franqueado da rede de ensino profissionalizante no Ceará, está sendo ampliada a grade de cursos e a metodologia de ensino, para se adaptar às variáveis demandas do mercado de trabalho e, hoje, as áreas de saúde e tecnologia estão sendo mais procuradas.

Mais notícias

Ver tudo de IN Business