3 de maio de 2021

IMPACTOS DA PANDEMIA

Philippe Godefroit falará sobre retomada turística em webinar franco-brasileiro

Numa articulação interinstitucional, Brasil e França se unem para diagnosticar e traçar alternativas para o setor de turismo no período pós-pandemia. A Embaixada da França no Brasil, o Consulado da França em Recife, as Alianças Francesas de Salvador, Recife e Fortaleza promovem, entre os dias 5 e 7 de maio, um seminário virtual intitulado: “Turismo Sustentável, os encontros franco-brasileiros: uma das respostas à crise provocada pela Covid-19”.

O gerente-geral do Hotel Gran Marquise, Philippe Godefroit, participará do evento na sexta-feira, às 10h45, falando sobre a questão da hotelaria em meio à pandemia, em nível Brasil, Nordeste e Ceará, pois os impactos para o setor do turismo foram muito grandes. E que o Gran Marquise tem adotado para sobreviver em meio a toda esta situação. Também vai falar a questão positiva da pandemia, o que mudou em relação às tendências, principalmente na questão da aceleração da digitalização em todos os setores e, principalmente, na hotelaria.

Philippe Godefroit será um dos palestrantes da manhã de sexta-feira                  Foto: Portal IN

“Um grande exemplo disso são os chatbots e robôs na questão das reservas digitais que estão sendo realizadas. E também o que isso vai significar na questão da mão de obra. Como houve uma redução de quadro de pessoal, mantivemos os nossos melhores talentos, especialmente os que falam outros idiomas – inglês, francês, espanhol, alemão -, bem como as parcerias com a Aliança Francesa e outras empresas”, explicou.

Ele acredita que após o retorno das atividades para um novo normal, no segundo semestre deste ano, o turismo doméstico deverá voltar com um volume considerável. “Isso a partir de setembro, se as pessoas estiverem mais de 50% imunizadas. E no próximo ano deveremos ter o turismo internacional voltando com força, pois aqui temos verão o ano inteiro, águas quentes, bons ventos, lugares fantásticos para se conhecer. E os estrangeiros gostam muito do Ceará, especialmente os franceses, holandeses e italianos”, destacou Philippe Godefroit.

O objetivo do evento é discutir soluções para a retomada das atividades do trade turístico regional, nacional e internacional, estimulando uma necessária dinâmica de troca de experiências. A programação foi definida com base nos resultados de uma pesquisa que traçou um panorama do segmento, na perspectiva de representantes de organizações dos setores do turismo e da cultura nos estados da Ceará, Pernambuco e Bahia. “Esses três dias de mobilização ajudarão a analisar e superar os desafios atuais e co-construir soluções para a crise mundial que enfrentamos”, disse Mamadou Gaye, diretor da Aliança Francesa da Bahia.

Com a participação de representantes de organizações dos setores do turismo e da cultura do Brasil e França, o ciclo de palestras virtuais abordará temas como: “Para um turismo mais respeitoso ao meio ambiente e às populações locais”, “Como o turismo pode valorizar a cultura nas dimensões simbólicas e financeiras”, “Preparar os profissionais para as novas evoluções do setor do turismo – Formação contínua e inicial”, além de cases do segmento nos dois países. Em sintonia com o atual cenário, a série de encontros será realizada em formato webinar, na plataforma Zoom Meeting.

“O evento não terá um formato vertical. A programação foi pensada para ser dinâmica e atrativa. O espaço para trocas será garantido aos participantes”, destaca Gaye, detalhando que, para cada 20 minutos de fala dos palestrantes, outros 30 serão dedicados à interação com o público.

Mais notícias

Ver tudo de IN Business