30 de abril de 2021

PRIMEIRO LOTE CHEGOU

Pfizer deverá entregar milhões de doses semanais ao Brasil para cumprir contrato

O Brasil deverá receber milhões de vacinas contra a Covid-19 produzidas pela norte-americana Pfizer, sendo que o primeiro lote com um milhão de imunizantes desembarcou no País, ontem. Segundo afirmou a presidente da companhia no Brasil, Marta Díez, o laboratório deve produzir entre dois a três bilhões de doses até o final deste ano.

Marta Díez disse que as vendas são feitas apenas aos governos federais         Foto: Divulgação

Ela disse que a entrega de 100 milhões de vacinas para o Brasil, até o fim do terceiro trimestre, conforme foi contratado pelo Governo Federal, deverá impor um cronograma semanal de carregamentos de milhões de doses, para garantir a campanha de vacinação.

“O Brasil tem sorte pelo tamanho e capilaridade de seu Plano Nacional de Imunização, capaz de distribuir 300 milhões de doses, todos os anos, para combater outras enfermidades em todo o seu território”, salientou Marta Díez.

Neste momento da pandemia, ela afirmou que não deverão ser comercializados lotes de vacinas com a iniciativa privada, bem como estados ou municípios. A princípio as negociações serão realizadas com governos federais de vários países, que têm a logística sanitária mais adequada para conter o avanço da Covid-19.

“O Brasil tem uma legislação segundo a qual a companhia não pode vender ao mercado privado até que todos os grupos de risco estejam imunizados. Depois seria possível vender ao setor privado. Outros países não têm essa restrição e lá a estratégia é a mesma”, explicou. (Com informações do Valor)

Mais notícias

Ver tudo de IN Business