27 de janeiro de 2021

PREJUÍZOS DE R$ 4,65 BILHÕES

Perdas de empregos ocorridas no setor de eventos equivalem a 80 fábricas da Ford

Um levantamento realizado pela Associação Brasileira de Promotores de Eventos revela que os impactos gerados pela pandemia do novo coronavírus no setor provocaram prejuízos superiores a R$ 4,65 bilhões em arrecadação de impostos federais, além de 450 mil profissionais de eventos e entretenimento sem emprego em todo o País. Esse número de pessoas equivale a 80 fábricas da Ford.

Congressos, feiras e outros eventos geram milhares de empregos            Foto: Portal IN News

Ainda segundo o estudo da Abrape, cerca de 335 mil postos de trabalho formais foram fechados no Brasil, desde o início da pandemia, atingindo a profissionais de setores como segurança privada, publicidade, hotelaria, operadores de turismo, montadores de estruturas, serviços gerais, bares, restaurantes, dentre outros.

“Os empregos afetados no segmento superam em quase 80 vezes os perdidos com o fechamento das fábricas da Ford no País. Se as medidas de apoio do Governo Federal, implementadas no início da pandemia, foram cessadas e não houver outras medidas emergenciais que protejam o setor, corremos o risco de dobrar esse número”, afirmou Doreni Caramori Júnior, presidente da Abrape.

Já de acordo com o Sebrae Nacional, o setor representa mais de 561 mil empresas, com faturamento em torno de R$ 209 bilhões anuais, o que gera uma contribuição expressiva para o PIB brasileiro. Por esse motivo, os setores de eventos e entretenimento precisam contar com o apoio do Governo Federal nesta retomada das atividades, depois de quase 11 meses sem poderem exercer plenamente suas atividades.

Mais notícias

Ver tudo de IN Business