12 de junho de 2020

LEI SANCIONADA

Ministério da Economia espera arrecadar R$ 30 bi com venda de imóveis da União

O presidente Jair Bolsonaro sancionou a Lei nº 14.011, que deverá permitir a venda de de 3.800 imóveis pertencentes à União, mas que estão desocupados. Com isso, o Ministério da Economia espera conseguir levantar mais de R$ 30 bilhões, que serviriam para reduzir os impactos da pandemia de Covid-19 aos cofres públicos.

Imóveis da União estão principalmente nas capitais brasileiras                      Foto: Divulgação

A decisão presidencial representa uma boa oportunidade para investidores que estejam propensos a adquirir um desses imóveis, que estão situados nas principais cidades do Brasil. Muitos deles estão situados em áreas consideradas nobres e despertam o interesse daqueles que atuam no mercado imobiliário.

A nova lei, que foi publicada na edição desta sexta-feira (12) do Diário Oficial da União, traz diversas modificações que visam flexibilizar e facilitar a comercialização desses imóveis, dentre eles a possibilidade de leilão virtual ou a venda direta, inclusive permitindo que corretores façam a intermediação do negócio.

Além de poder arrecadar um volume de recursos substancial, principalmente em tempos de elevados gastos extras devido à pandemia, a venda desses imóveis, muitos deles invadidos ou depredados, também representará uma economia de recursos com obras de manutenção e conservação.

Mais notícias

Ver tudo de Negócios