GRANDES NEGÓCIOS

Mercado de fusões e aquisições já atinge US$ 52,6 bilhões e deve bater recorde

Por Marcelo - Em 9 de julho de 2021

O mercado de fusões e aquisições no Brasil segue em ritmo acelerado e já supera em quase dez vezes o total movimentado no primeiro semestre do ano passado e em US$ 6,9 bilhões as negociações realizadas durante 2020 inteiro. Isso porque, até o dia 7 deste mês as operações de M&A atingiram a marca de US$ 52,6 bilhões.

Fusão entre Hapvida e Intermédica movimentou US$ 9,6 bilhões                      Foto: Divulgação

E esse resultado ficou muito perto do ano recorde para esse tipo de transação, registrado em 2017, quando foram negociados US$ 52,7 bilhões. O volume de negócios também nadou de braçada de janeiro último até a quarta-feira passada, pois em semelhante período de 2020 o total registrado ficou em US$ 6,6 bilhões.

Com todas estas performances positivas os especialistas em mercado financeiro acreditam que este será o ano das fusões e aquisições no Brasil, uma vez que ainda faltam praticamente seis meses para o fim de 2021. E estão sendo aguardadas novas operações em setores como saúde, financeiro, varejo e tecnologia da informação, devendo aumentar significativamente o total a ser movimentado durante os 12 meses, principalmente devido à reforma tributária e as eleições presidenciais de 2022.

Vale lembrar que as dez maiores transações realizadas este ano, juntas, somaram US$ 36,7 bilhões, ou 70% do total, segundo levantamento realizado pela consultoria Dealogic. Dentre elas as maiores foram: a cisão da fatia e 41,05% do Itaú na XP (US$ 9,8 bilhões); a fusão entre o Sistema Hapvida e o Grupo NotreDame Intermédica (US$ 9,6 bilhões), e a cisão o GPA e o Assaí (US$ 3,4 bilhões). (Com informações do Valor)

Mais notícias

Ver tudo de IN Business