Investimento em Games

Magalu compra o KaBuM! por R$ 3,8 bi de olho no mercado nacional de games

Por Marcelo - Em 15 de julho de 2021

O Magazine Luiza deverá desembolsar mais de R$ 3,8 bilhões pela aquisição do KaBuM!, por meio do qual colocará os dois pés no competitivo e promissor mercado de games no Brasil. Isso porque além de R$ 1 bilhão em dinheiro, vai pagar de maneira escalonada mais 125 milhões de ações até 2024.

Frederico Trajano diz que o Magalu gosta de operar com caixa líquido        Foto: Divulgação

Segundo o Magalu, este volume de ações deve ter seus pagamento realizados em quatro parcelas, sendo três parcelas de 25 milhões de papéis em janeiro e julho de 2022 e outra em janeiro de 2023, além de uma quarta de 50 milhões de ações em janeiro de 2024, com preços das datas de quitação.

Trata-se da maior aquisição já realizada pelo Magalu, que vislumbra um potencial de cerca de 95 milhões de consumidores, formados por gamers e integrantes do público geek. Além disso, a compra do KaBuM! gera sinergias com o Canaltech e o Jovem Nerd, duas outras recentes compras realizadas pela gigante varejista.

Com dois milhões de clientes ativos, o KaBuM! obteve um faturamento de R$ 3,5 bilhões no ano passado, além de ter registrado um lucro líquido de R$ 300 milhões em 2020, mesmo em meio à crise provocada pela pandemia de Covid-19. Por tudo isso, o Magalu se dispôs a pagar uma vez receita e cerca de 12 vezes o lucro líquido pelo KaBuM!.

O Magalu está preparando uma operação de follow on de aproximadamente R$ 3,4 bilhões (sem os lotes adicionais), que será utilizado para o pagamento da parcela à vista. “A gente não gosta de fazer um crescimento tão acelerado com dívida líquida. Prefere ter caixa líquido e gosta de ter uma boa relação de Ebitda sobre despesa financeira. O nosso raciocínio é crescer capitalizado”, disse o CEO do Magalu, Frederico Trajano.

Mais notícias

Ver tudo de IN Business