12 de maio de 2020

ALTA RECORDE

M. Dias Branco muda estratégia comercial e registra “turning point” de performance

A M. Dias Branco registrou um crescimento recorde no lucro do primeiro trimestre deste ano, 140,8%, atingindo a marca de R$ 137 milhões, revertendo o resultado menos animador do ao passado. Além disso, seu Ebitda também foi bastante positivo, chegando a R$ 228,5 milhões, uma expansão de 103,8% na comparação com igual período de 2019.

Ivens Júnior tem comandado as estratégias da companhia                    Foto: Portal IN News

Um comunicado da companhia ainda revelou que a receita líquida chegou ao patamar de R$ 1,6 bilhão, representando um crescimento de 24,3%. Todos estes números revelam a nova gestão implementada pelo presidente Ivens Dias Branco Júnior, gerando um “turning point” na performance da M. Dias Branco.

Dentre as principais estratégias de atuação da companhia – dona de marcas consagradas como Fortaleza, Vitarella, Piraquê, Isabela e Adria, entre outras – houve um crescimento significativo no volume de vendas em todos os canais, além de uma redução nos descontos ao varejo.

Para obter essa performance tão dinâmica, revertendo dois anos de números muito abaixo de suas possibilidades, a companhia contratou uma consultoria externa que detalhou, ao máximo, toda a forma de atuar nos pontos de venda.

E ainda dividiu os esforços comerciais em duas áreas: a “defesa” regiões Norte e Nordeste, onde detém 60% de market share. Tendo o restante do País como seu “ataque’, onde concentra só 25% do mercado de massas e biscoitos.

Esta e outras ações, como trabalhar em parceria com 50 distribuidoras das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, promoveram o “turning point” da companhia e devem render frutos ainda melhores no futuro, após passada a pandemia de coronavírus. (Com informações do Brazil Journal)

Mais notícias

Ver tudo de Negócios