11 de junho de 2020

AÇÃO SOCIAL

M. Dias Branco doa 413,3 toneladas de alimentos para o programa Mesa Brasil

Fábrica Fortaleza doou toneladas de massas e biscoitos                                 Foto: Divulgação

A M. Dias Branco doou um total 413, 35 toneladas de produtos ao programa Mesa Brasil, que junto com valores em dinheiro, perfizeram um total de R$ 5 milhões em ações sociais durante a campanha #vocedoaagentedoa, de incentivo à doação de sangue, durante a pandemia do novo coronavírus.

Foi destinado R$ 1,2 milhão em recursos financeiros a hemocentros de cinco estados e mais R$ 1,2 milhão em alimentos a instituições carentes do Ceará, Pernambuco, Bahia, Rio de Janeiro, São Paul e Rio Grande do Sul. E outros R$ 2,6 milhões em massas e biscoitos para dezenas de entidades carentes em todo o País.

A campanha #vocedoaagentedoa foi realizada em parceria com cinco hemocentros: Instituto Pró-Hemoce (CE), Hemorio (RJ), Colsan/Escola Paulista de Medicina (SP), Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre (RS) e Hemope (PE). Além dos recursos, a companhia doou alimentos para estimular a doação de sangue, seguindo as regras sanitárias.

Biscoitos da M. Dias Branco foram distribuídos em todo o Brasil

Para cada bolsa de sangue arrecadada nos hemocentros durante o mês de maio, a M. Dias Branco doou 500 produtos ao Mesa Brasil, banco de alimentos gerido pelo Sesc. Foram arrecadadas 7.867 bolsas de sangue, que resultaram em 413,35 toneladas de massas e biscoitos das marcas Adria, Fortaleza, Isabela, Piraquê e Vitarella doadas.

Fábio Melo, diretor de Marketing da M. Dias Branco, afirma que a empresa tem um histórico tradicional de doações a entidades de assistência social, principalmente, nas localidades nas quais estão instaladas as 15 plantas industriais da companhia.

“Nosso propósito é levar bem-estar e felicidade para a vida das pessoas. Durante a pandemia, é preciso exercitar ainda mais esse papel e estar junto da sociedade. Por isso, estamos intensificando nossas ações sociais com foco em saúde e, também, reforçando a doação de alimentos a quem precisa”, explica.

Mais notícias

Ver tudo de Negócios