10 de agosto de 2020

EXPANSÃO CONTÍNUA

M. Dias Branco admite que pode estudar processos de fusões e novas aquisições

A M. Dias Branco continuará trabalhando forte no seu plano de expansão e não descarta a possibilidade de realizar fusões ou novas aquisições, tendo em vista os resultados significativos obtidos no segundo trimestre deste ano, ao ampliar em 22% sua receita líquida e em 51,5% seu lucro.

C801867c 52a4 41ab 84f2 56b11e0f864c

Ivens Dias Branco Jr

De acordo com Gustavo Lopes Theodozio, VP de Investimentos e Controladoria e diretor de Relações com Investidores, a performance da Piraquê, adquirida em 2018 tem sido altamente positiva, tanto que já se configura na segunda maior marca da companhia.

Para justificar sua opinião, explicou que a margem Ebitda da Piraquê passou de 14% quando foi adquirida para 23,7% até junho deste ano, o que pode levar a um Ebitda superior ao da própria M. Dias Branco.

“Sua margem bruta é maior e o preço superior ao do mix da empresa. O que nos surpreende é a capacidade de crescimento em todo o País e acreditamos que essa margem pode melhorar ainda mais”, asseverou o diretor de Novos Negócios, Fábio Cefaly.

Para garantir estes bons números, o empresário Ivens Dias Branco Júnior tem investido forte na redução de custos e no seu processo de verticalização, que está na casa de 99% no caso da farinha de trigo, seu principal insumo, e de 100% no item gordura vegetal.

Mais notícias

Ver tudo de IN Business