14 de janeiro de 2020

Turismo em Alta

Lucas Fiúza acompanha o ministro do Turismo em visita à Rota das Emoções

Lucas Fiúza e Marcelo Álvaro Antônio

Lucas Fiúza e o ministro do Turismo Marcelo Álvaro Antônio

O turismo parece ser mesmo o principal elo de união entre o governo do presidente Jair Bolsonaro e o Ceará. É que além do presidente da ABIH Nacional, Manoel Cardoso Linhares, tem outro cearense que conhece muito e torce ainda mais pelo desenvolvimento turístico do Estado, o Coordenador-Geral de Empreendedorismo, Atração de Investimentos e Fungetur no Ministério do Turismo, Lucas Fiúza.

Lucas Fiúza e o secretário-executivo da Pasta, Daniel Nepomuceno, acompanharam o ministro do TurismoMarcelo Álvaro Antônio, nesta segunda-feira (13.01) em uma visita técnica à Rota das Emoções, roteiro que compreende os estados do Ceará, Piauí e Maranhão.

A agenda fez parte de um encontro do ministro com o arquiteto dinamarquês Bjarke Ingels e uma comitiva do grupo Be-Nômade para discutir a possibilidade da realização de investimentos no país no segmento de turismo sustentável.

1 Analicediniz Ssf Ultraman 8961 3358588

Rota das Emoções

A Rota das Emoções é uma das 30 rotas inseridas no Investe Turismo e estamos trabalhando para valorizar e ampliar cada vez mais o número de visitantes. É impressionante o potencial turístico de nosso País! Nossas belezas naturais são inexplicáveis e o turismo sustentável é um segmento que tem tudo a ver com nosso país”, comentou o ministro. Ainda durante a agenda, o ministro se reuniu com lideranças locais para discutir ações para o fortalecimento do turismo na região.

A Rota das Emoções engloba 14 cidades do Maranhão, Piauí e Ceará, além de áreas de proteção ambiental, como o Parque Nacional de Jericoacoara, no litoral oeste cearense; o Delta do Parnaíba, entre Piauí e Maranhão, e o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses. Com uma mistura de cultura, belezas naturais e história, o roteiro encanta turistas que percorrem a região, uma das mais famosas do país.

Antônio De Lá Rua (grupo Nômade), Daniel Nepomuceno (sec. Executivo Do Mtur) E Lucas Fiuza (coordenador Geral De Atração De Investimentos)

Antônio De Lá Rua, Daniel Nepomuceno e Lucas Fiúza

O grupo veio completo dessa vez, com o arquiteto Bjarke Ingels, devido ao convite do Ministério do Turismo. A missão objetiva apresentar a Rota das Emoções, os parques nacionais de Jeri e Lençóis Maranhenses, e transformar os potenciais investimentos em estudo do grupo nômade em realidade, garantindo que o interesse no Ceará seja mantido, dando todo o apoio institucional para os investidores, reforçando a credibilidade do Brasil.”, destaca Fiúza.

Deltadoparnaiba Chicorasta

Delta do Parnaíba – Foto: Chico Rasta

O litoral do percurso é próprio para surf, windsurfe e kitesurf, entre outros esportes náuticos praticados ao sabor dos ventos, inclusive em lagoas. O cenário de sol e praia integra a natureza à deliciosa culinária regional. O turista ainda viaja pela fascinante cultura nordestina e pelo artesanato diferenciado dos três estados. São peças de fibras vegetais (buriti, tucun, taboa, coco, carnaúba e sisal), madeira, cerâmica, renda de bilros, bordados, couro, sementes e búzios.

Bjarke Ingels e Élcio Batista

Bjarke Ingels e Élcio Batista

No sábado, 11, o arquiteto Bjarke Ingels – considerado um dos revolucionários da arquitetura contemporânea-; Antonio de La Rua, fundador do grupo Be-Nômade; Agustin Perez, Designer Sênior do grupo BIG (Bjarke Ingels Group); Jorge Borrell, cônsul honorário da Espanha em Fortaleza; Fernanda Buschmann, diretora operacional do grupo BIG Nomade no Brasil foram recebidos pelo secretário-Chefe de Gabinete do Governador, Élcio Batista, no Palácio da Abolição, como o Portal IN divulgou com exclusividade.

Após o encontro, o secretário de Turismo do Ceará, Arialdo Pinho, afirmou que o arquiteto dinamarquês Bjarke Ingels está há quase um ano planejando o modelo, que começou como um resort e, após processo de pesquisa, transformou-se na cidade inteligente e sustentável.

Arialdo Pinho (2)

Arialdo Pinho

O projeto tem sido trabalho há quase um ano. O escritório iniciou uma pesquisa cultural no Ceará, e escolheu a região de Jeri para a implantação, que deve ser na área do Preá ou Lagoinha”, explica. Com investimento entre 200 milhões e 500 milhões de euros, o projeto deve sair do papel em até 18 meses, conforme o secretário.

O grupo Be-Nômade foi responsável pela consolidação de Tulum, na Riviera Maya, no México, como destino sustentável.

 

Deixe seu comentário

Siga o @BaladaIN no Instagram