19 de novembro de 2020

FATO RELEVANTE

Hapvida informa ao mercado que vai desdobrar cada ação ordinária em cinco

Em fato relevante comunicado ao mercado nesta quinta-feira (19), a Hapvida Participações e Investimentos S.A. explicou aos seus acionistas que foi aprovado o desdobramento da totalidade das ações de emissão da companhia, na proporção de cinco ações ordinárias para cada ação da mesma espécie, sem modificação do capital social.

Bruno Cals afirmou que não haverá frações de ações                                       Foto: Divulgação

“Para fins de esclarecimento, conforme dito, para cada ação ordinária de sua titularidade, o acionista receberá, em função do desdobramento, mais quatro ações da mesma espécie, ficando, ao final, com cinco ações ordinárias da companhia. Em razão da proporção adotada, não há que se falar em frações de ações”, diz um trecho do documento, assinado por Bruno Cals de Oliveira, diretor Superintendente Financeiro e de Relações com Investidores.

O fato relevante informa, ainda, que as ações resultantes do desdobramento conferirão aos seus titulares os mesmos direitos das ações ordinárias então existentes, inclusive em relação aos dividendos e/ou juros sobre capital próprio que vierem a ser declarados a partir de amanhã.

As ações de emissão da companhia passarão a ser negociadas “ex-desdobramento” a partir do dia 25 deste mês, levando em consideração a posição acionária com data-base de 24 de novembro. As ações resultantes do referido desdobramento serão creditadas aos acionistas no próximo dia 27.

Ao final, a companhia ressaltou que a ata da assembleia geral extraordinária que aprovou o desdobramento de ações encontra-se disponível em seu site de relações com investidores (ri.hapvida.com.br), bem como nos endereços eletrônicos da Comissão de Valores Mobiliários e B3 S.A – cvm.gov.br e b3.com.br -, respectivamente.

Inauguração

Em parceria com a Roche, o Sistema Hapvida inaugurou nesta quinta-feira em Recife, o seu Núcleo Técnico Operacional, fruto de um investimento de R$ 46 milhões, que é um polo de medicina diagnóstica inteligente. A nova unidade deve processar 95% dos exames mensais da rede, que são cerca de 2,6 milhões.

Mais notícias

Ver tudo de IN Business