PESQUISA E DESENVOLVIMENTO

Grupo Santa Lúcia investe em inovação e amplia sua linha de produtos premium

Por Marcelo - Em 31 de agosto de 2021

O Grupo Santa Lúcia está ampliando sua linha de produtos. Recentemente foram lançados a farinha de trigo e macarrão Damezza, que são altamente sofisticados. A farinha é dedicada a um público gourmet, sendo um produto premium e a única do mercado brasileiro com pacotes de 500 gramas, que representa a maioria das utilizações nas receitas. E outras novidades devem ser anunciadas em breve.

Alexandre Sales diz que o trigo é uma cultura promissora no Nordeste            Foto: Divulgação

“Já o macarrão é com sêmola, um produto bem mais nobre, com outras ramificações como grano duro, com ovos, integral, diversificando ainda mais as opções que os chefs e também as donas de casa terão à sua disposição para o dia a dia. E veio neste momento de pandemia, quando as pessoas ficaram mais tempo em casa e acabaram querendo se tornar pequenos chefs”, disse Alexandre Sales – presidente do Grupo Santa Lúcia.

O Grupo Santa Lúcia foi uma das empresas escolhidas pelo programa Scale-Up Endeavor 2021, pois trata-se de uma empresa genuinamente cearense que tem trabalhado forte em busca de inovação, qualidade, produtividade e novos mercados.

“Tudo isso fez a Endeavor abraçar a nossa empresa, colocar à nossa disposição mentores de renome nacional e internacional, que foram presidentes de grandes indústrias e empresas do varejo. Eles estão nos orientando e dando opiniões sobre o que estamos fazendo está no caminho certo e vai ter um resultado positivo. Como a gente tem uma série de projetos em andamento, termos esse tipo de orientação é espetacular”, comemorou.

Farinha de trigo Damezza é a única do Brasil em embalagens de 500 gramas

Ele e sua equipe participaram de uma reunião online com Rodrigo Lacerda e Adriana Moratori, que são dois profissionais do mais alto gabarito, que lhes repassaram uma série de dicas sobre mercado, desenvolvimento de produto, marketing. “Foi bem interessante e muito proveitoso para nós”, destacou Alexandre.

Lembrou que o novo laboratório de cereais e tubérculos da UFC, em parceria com o Senai Ceará, possibilitou uma capacidade de análise extraordinária, com a fabricação de mão de obra local, com alunos aprendendo na prática, a teoria da sala de aula. Vai trazer uma ampliação do leque de treinamento de pessoal, além de maior velocidade de análises e processos das empresas cearenses.

E para quem está desenvolvendo um grandioso projeto de plantio de trigo no Ceará e no Nordeste, dispor desse pessoal qualificado, é fundamental. “Sem falar de toda a equipe de professores que também é muito capacitada, dando maior velocidade ao desenvolvimento da cultura do trigo. Inclusive temos um novo projeto no Maranhão, com um parceiro no município de Balsas, onde a plantação está se desenvolvendo muito bem, as plantas crescendo com boa formação e os resultados devem ser muito promissores”, completou Alexandre Sales.

Mais notícias

Ver tudo de IN Business