4 de agosto de 2020

ESTÍMULO AO EMPREGO

Governo pretende reduzir percentual de contribuição de empresas ao FGTS e INSS

A equipe econômica do Governo Federal está analisando a possibilidade de reduzir de 8% para 6% a contribuição das empresas para o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, com o objetivo de reduzir os custos com a mão de obra.

Paulo Guedes deve anunciar mudanças em breve                        Foto: Portal IN News

Isso poderia estimular o empresariado e ampliar a abertura de novos postos de trabalho, o que seria de grande importância neste momento de retomada da economia. Entretanto, essa diferença de 2% no FGTS poderia recair sobre os trabalhadores.

Hoje, o percentual de 8% é cobrado em cima do salário recebido pelos empregados do mercado formal de trabalho. E outro ponto em debate é a redução de 20% para 15% da contribuição das empresas para o INSS, referente a empregados que ganham acima de um salário mínimo.

Para os trabalhadores que recebem um salário mínimo, a proposta que seja extinta a contribuição patronal. Esses pontos seguem em estudo pela equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes, que deve anunciar alguma decisão em breve. (Com informações do Valor)

Mais notícias

Ver tudo de IN Business