19 de fevereiro de 2020

SETOR AÉREO

Governo Federal deverá abrir mercado de QAv no Brasil para reduzir preço das passagens

Aeroporto de Guarulhos tem o maior movimento de aviões do País                                               Foto: Divulgação

O Governo Federal está buscando uma maneira de reduzir o valor do querosene de aviação (QAv), com o objetivo de conseguir que as empresas aéreas ofereçam passagens por preços mais acessíveis. Afinal, o QAV é responsável por 30% dos gastos das companhias.
Uma das opções analisadas seria certificar e reduzir o Imposto de Importação de outro tipo de querosene, muito usado fora do Brasil, e que tem pouca diferença entre o que a Petrobras produz em território nacional.
O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, o presidente do Cade, Alexandre Barreto, além de integrantes dos ministérios da Economia e Minas e Energia estiveram reunidos para debater o assunto, e conseguir uma redução no valor das passagens aéreas.
Possíveis ações anticompetitivas na distribuição do QAv no Brasil, que é liderada pela Petrobras, Raízen e BP, estão sendo analisadas pelo Cade. E os integrantes do Governo não querem que o trabalho seja interpretado como uma forma de forçar uma queda artificial do preço do QAv, mas uma redução efetiva dos custos na cadeia de produção. (Com informações do Valor)

Mais notícias

Ver tudo de IN Business