LEI DA OFERTA E PROCURA

Escassez de semicondutores no mercado e dólar geram alta de eletroeletrônicos

Por Marcelo - Em 10 de setembro de 2021

A baixa oferta de semicondutores no mercado internacional tem trazido diversos problemas para os fabricantes brasileiros de produtos eletroeletrônicos, no que diz respeito a manter suas entregas, em meio à alta significativa dos custos e dos prazos de entrega, sem falar em outros entraves.

Falta de semicondutores tem gerado problemas para a indústria                   Foto: Divulgação

Basta lembrar que a valorização do dólar teve impacto direto no preço dos semicondutores que, aliados à questão de oferta e procura, bem como do frete, commodities e do aluguel de contêineres, e à falta de telas de LCD e microprocessadores, geraram aumentos de 30% nos preços de smartphones e TVs, além de 40% em notebooks.

Os fabricantes brasileiros estão buscando estratégias para não repassar todos os aumentos nos custos, que em alguns casos chegam a 80%. Os prazos de entrega também estão maiores e, invariavelmente, há atrasos de até três meses para a chegada dos componentes ao País.

De acordo com reportagem do Valor, a elevação de casos da variante delta da Covid-19 na Malásia, há mais de dois meses, tem gerado o desabastecimento. No ano passado, realizou a entrega de apenas 26,7% da demanda mundial de semicondutores, com 26,7 bilhões de unidades, de um total de 1,01 trilhão de unidades produzidas.

Mais notícias

Ver tudo de IN Business