17 de junho de 2020

LIVE DA FETRIECE

Erick Vasconcelos fala sobre os impactos dos eventos esportivos no turismo do CE

O secretário Executivo do Turismo de Fortaleza, Erick Vasconcelos, será o convidado da Live Stream da Fetriece, que será realizada na próxima segunda-feira (22), a partir das 18 horas, com transmissão pelo Instagram da entidade (@fetriece). O tema central do evento online será: “Qual o impacto no turismo com a falta de eventos esportivos no Estado do Ceará?”, tendo a diretora técnica da Fetriece, Tércia Figueiredo, como mediadora.

Carlos Galvao E Erick Vasconcelos

Carlos Galvao e Erick Vasconcelos

“Todos tipos de eventos, sejam eles esportivos ou de negócios, movimentam a nossa cidade nas épocas de baixa estação, alavancando a economia do turismo em vários aspectos. O Ironman, por exemplo, tem seu público formado por 75% de pessoas de outros estados ou países, com cerca de mil participantes e, normalmente, eles viajam acompanhados de outras quatro ou cinco pessoas. Isso eleva o número de visitantes à cidade, gerando uma alta taxa de ocupação nos hotéis da nossa orla”, explicou Erick.

Este ano a sétima edição do Ironman 70.3, previsto para o dia 22 de novembro em Fortaleza, está com todos os seus protocolos definidos de acordo com a nova realidade exigida pela pandemia do coronavírus. A largada, por exemplo, será feito no modelo rolling, e a dispersão também será diferenciada, para evitar aglomerações. Além disso, a entrega dos kits de participação na prova será realizada em cinco dias e por ordem alfabética.

“Temos outros eventos como a Maratona Internacional de Revezamento Pão de Açúcar, que é mais focado no turismo regional, com participantes de outras cidades do Ceará ou estados vizinhos, pois atletas de outras regiões brasileiras e países devem evitar deslocamentos maiores nos próximos meses. Como diversos eventos esportivos já foram adiados ou cancelados por causa da pandemia, tudo o que vier é muito positivo para o setor turístico da nossa Capital”, ressaltou.

A Fetriece é a Federação de Triathlon mais atuante do Brasil, com maior número de federados e que oferece grande apoio a novos participantes, que têm despontado em provas realizadas em todo o País, bem como no exterior. E realiza muitas provas regionais, em lugares como Aquiraz, Cumbuco, Fortaleza, Lagoa do Banana, o que gera impactos positivos para o turismo local, com pelo menos um dia de hospedagem, alimentação, passeio das famílias, que geralmente acompanham os atletas.

Ironman 70.3 também traz uma feira de artigos esportivos para Fortaleza

Erick acredita que como o triathlon é uma prova longa, exigindo muito treino e preparação anterior, caso o Plano de Retomada da Atividade Econômica do Governo do Ceará avance sem problemas, a partir do dia 20 de julho tudo deve estar liberado e muitos atletas podem vir realizar seus treinamentos aqui. Além disso, outros eventos esportivos poderão ser realizados na capital cearense. “Vale lembrar que o gasto médio do turista de eventos é elevado, geralmente três vezes o do turista de lazer”, disse.

O secretário Executivo da Setfor espera que com a retomada das provas esportivas em Fortaleza e no Estado, o turismo tenha um novo fôlego, movimentando a hotelaria, restaurantes, barracas de praia, e muitos outros equipamentos existentes no Ceará. Afinal, depois das provas, muitos atletas ficam aqui para um merecido descanso.

“Os atletas de provas como o Ironman geralmente ficam devedores às suas famílias de três a seis meses no que se refere à vida social. E quando tem a prova num lugar como Fortaleza, no fim do ano eles aproveitam para tirar umas miniférias com a família e ficam cerca de uma semana aqui, para aproveitar as nossas belezas naturais e equipamentos de lazer como o Beach Park, por exemplo”, destacou Erick Vasconcelos.

Mais notícias

Ver tudo de IN Connection