Cummins inicia testes com motor de combustão interna movido a hidogênio

Por Marcelo - Em 16 de agosto de 2021

A Cummins Inc. dá mais um passo adiante no avanço da tecnologia de carbono zero ao iniciar testes com um motor de combustão interna movido a hidrogênio. O teste de prova de conceito baseia-se na liderança em tecnologia existente da Cummins em aplicações de combustível gasoso. E, também, na liderança do trem de força para criação de novas soluções energéticas que ajudem os clientes a atender às necessidades ambientais e de energia do futuro. E mais uma prova que o pioneirismo do Ceará está no caminho certo, ao implantar um Hub de Hidrogênio Verde no Complexo do Pecém.

Motores de caminhões movidos a hidrogênio já estão em teste                        Foto: Divulgação 

“A Cummins está entusiasmada com o potencial do motor a hidrogênio para reduzir as emissões e fornecer potência e desempenho para os clientes. Estamos utilizando todas as novas plataformas de motores equipadas com as tecnologias mais recentes para melhorar a densidade de potência, eficiência térmica e reduzir o atrito. Fizemos avanços tecnológicos significativos e continuaremos avançando”, disse Srikanth Padmanabhan, presidente do Segmento de Motores da Cummins.

Depois dessa fase, a empresa avaliará o motor em uma variedade de aplicações dentro e fora de estrada, apoiando seus esforços para acelerar a descarbonização de veículos comerciais. “O programa de motores a hidrogênio pode potencialmente expandir as opções de tecnologia disponíveis para alcançar um setor de transporte mais sustentável, complementando nossas capacidades em células de combustível de hidrogênio, baterias elétricas e motores a gás natural renovável”, afirmou Jonathon White, vice-presidente de Engenharia de Negócios de Motores.

Cummins já havia apresentado o protótipo de caminhão movido a hidrogênio

Os motores a hidrogênio oferecem o benefício da adaptabilidade, permitindo a continuidade do uso dos sistemas de transmissão mecânicos familiares, com integração de veículos e equipamentos que espelham os trens de força atuais, enquanto continuam a fornecer a potência e a capacidade para atender às necessidades das aplicações. Inclusive, a companhia já havia apresentado um protótipo de caminhão movido a hidrogênio, antes da pandemia de Covid-19.

Os motores a hidrogênio podem usar combustível de Hidrogênio Verde, como o que será produzido no Ceará, emitindo emissões quase nulas de CO² pelo escape e níveis quase nulos de NOx. O investimento projetado na produção de hidrogênio renovável globalmente proporcionará uma oportunidade crescente para a implantação de frotas movidas a hidrogênio utilizando células de combustível ou motores Cummins.

Mais notícias

Ver tudo de IN Business