29 de outubro de 2020

13º SALÁRIO

CNC projeta a injeção de R$ 208 bilhões na economia nacional até dezembro

Uma estimativa da CNC prevê que a economia brasileira deve receber um fôlego nos próximos dois meses, devido à injeção de cerca de R$ 208 bilhões devido ao pagamento do décimo terceiro salário dos trabalhadores. E isso deverá se reverter e bons resultados para o varejo.

Fluxo de recursos deve se refletir nas vendas do comércio                       Foto: Portal IN News

Apesar disso, a entidade ressalta que esse valor representa uma retração de 5,4% de acordo com um levantamento anual iniciado há oito anos. O principal motivo para essa queda é a MP 936/2020, autorizando a redução de salários e suspensão temporária dos contratos de trabalho, visando a preservação dos empregos, na crise gerada pela pandemia de Covid-19.

A CNC destaca informações do Ministério da Economia, revelando que de abril a agosto as empresas firmaram 16,1 milhões de acordos com seus colaboradores, baseados na MP, sendo que destes, 7,2 milhões foram de suspensão de contratos e 3,5 milhões de redução de 70% da jornada de trabalho.

Por causa disso, a entidade estima que o vencimento médio dos trabalhadores terá uma queda de 6,6% e ficará em R$ 2.192,71, frente aos R$ 2.347,55 recebidos, em média, no ano passado. Pra o presidente da CNC, José Roberto Tadros, o aumento da informalidade e a retração da atividade econômica provocaram a queda do valor global do décimo terceiro.

Mais notícias

Ver tudo de IN Business