3 de junho de 2020

CONFECÇÕES

Centro Fashion se prepara para retomar suas atividades na próxima quarta-feira

O Centro Fashion Fortaleza divulgou o protocolo de segurança sanitária para retorno das atividades, no próximo dia 10, com horário de funcionamento reduzido, de acordo com as orientações do decreto do Governo do Ceará. Também criou um comitê de crise com os gestores das áreas e da diretoria.

O protocolo de operações envolve organização do fluxo de pessoas, higienização e limpeza frequentes, além da disseminação de informações com campanhas de comunicação – interna e externa – com práticas de conscientização à saúde pública. O espaço é um dos principais centros de compras de confecções de Fortaleza, atraindo milhares de comerciantes e empreendedores dos estados do Norte e Nordeste.

Centro Fashion adotará diversos protocolos sanitários                                    Foto: Divulgação

Todas as operações relacionadas à alimentação e lazer não funcionarão nesta primeira fase de retorno das atividades. Neste momento, está suspensa qualquer ação de merchandising, especialmente distribuição de panfletos e brindes. Toda divulgação será focada em meios digitais.

Será obrigatória a utilização de máscaras para todos que circularem pelo Centro Fashion, sem exceções. E deve ser obedecida uma distância mínima de dois metros entre as pessoas. Recomenda-se que idosos, gestantes, crianças e pessoas com doenças crônicas evitem, neste primeiro momento, a circulação pelo empreendimento.

Serão disponibilizados pontos de aferição de temperatura em todas as entradas do prédio. Pessoas que estejam com 37,2ºC ou mais, e que apresentem sintomas de gripe ou resfriado, serão orientadas a buscar ajuda médica. Haverá treinamento de prevenção e diálogo diário de segurança (DDS) com os funcionários, a fim de reforçar as ações de combate à Covid-19.

No estacionamento serão instalados sensores de presença nas cancelas de entrada, eliminando as botoeiras de emissões de ticket, além da aplicação em todas as entradas e nos pneus dos veículos de solução com cloro + água, em intervalos de uma em uma hora.

Como orientações aos comerciantes foi estipulada a presença de apenas um lojista por box, disponibilização de álcool em gel 70% em suas dependências para uso interno e de clientes em atendimento. E todas as lojas devem seguir as orientações da vigilância sanitária para limpeza e manutenção de ar-condicionado.

Mais notícias

Ver tudo de Negócios