22 de abril de 2020

INTERNACIONALIZAÇÃO

Ceará Global 2020 será virtual e contará com participantes do BID, NDB e BNDES

O Ceará Global é um movimento a favor da internacionalização da economia do Ceará, cuja previsão para este ano é acontecer entre os dias 17 e 28 de agosto. E, devido a questões de saúde, deverá ser realizado em meio virtual.

Élcio Batista no Ceará Global de 2019, no Auditório do Sebrae-CE                                                                          Foto: Divulgação

“A princípio o evento será 100% digital, apesar de no ano passado termos feito um grande palco de 360° no Auditório do Sebrae, que foi bastante elogiado. Mas devido ao coronavírus, estamos viabilizando o evento em meio eletrônico”, afirmou Rômulo Alexandre, vice-presidente Nordeste da Federação Brasileira de Câmaras de Comércio Exterior.

Outro diferencial é que, com o formato digital, o evento deve ter um alcance muito maior, com especialistas de diversas partes do Brasil e do mundo. “Além disso, em 2019 tivemos cerca de 400 participantes e, com a realização on line, deveremos atingir mais de cinco mil pessoas e trazermos conteúdos de melhor qualidade”, disse.

Joaquim Cartaxo, Beto Studart e Luiz Gastão Bittencourt

Sendo um dos criadores do evento em 2017, em cooperação com a FIEC, Câmara Brasil-Portugal no Ceará, Sebrae-CE e Unifor, Rômulo admite que, se for possível, deverá realizar um evento presencial com os presidentes de câmaras setoriais do Ceará, no Auditório da Adece, para assistirem à videoconferência com representantes do BID, New Development Bank (NDB ou Banco do Brics) e BNDES, que falarão sobre financiamentos para as empresas.

“O projeto é articulado em três eixos. O primeiro, através das redes sociais, especialmente o LinkedIn, divulgando notícias em inglês conectadas ao ambiente de negócios no Estado. O segundo, um evento anual, voltado à disseminação de temas ligados à internacionalização. Por fim e ainda em fase de desenvolvimento, um último eixo, através de uma rede de embaixadores formada por cearenses ao redor do mundo, para apoiarem nos países onde estão, a divulgação da imagem do novo Ceará conectado com o mundo”, completou Rômulo Alexandre.

Mais notícias

Ver tudo de IN Business