IN Loco Negócios
7 de novembro de 2019

Bons frutos

Ex-donos da Ypióca faturam 360 milhões investindo em água e outros negócios

Paulo E Everardo Telles

Paulo E Everardo Telles

Com aposta em outros seguimentos, mas o olhar empreendedor e visionário de sempre, o grupo Telles registou um faturamento total de R$ 360 milhões, praticamente o mesmo que lucrava com a Ypióca, vendida há sete anos para a Diageo, em uma negociação que rendeu 930 milhões para os idealizadores da cachaça genuinamente cearense.

Ao longo dos últimos quatro anos, a família Telles investiu R$ 200 milhões com recursos próprios e transformou o que eram negócios satélites da Ypióca em empresas independentes no ramo de distribuição de combustíveis (YPetro) – que deve fechar o ano com R$ 180 milhões em vendas brutas -, embalagens de papelão reciclado (Santelisa) e água mineral (Naturágua). Além destes, a família atua também no setor de agropecuária e de embalagens plásticas (Yplastic).

Questionado sobre a possibilidade de voltar a investir no mercado de bebidas alcoólicas, Paulo Telles, atual presidente do grupo, foi enfático ao afirmar; “Avaliamos isso, mas por que competir com o que a gente mesmo criou e muito bem feito?”. O atual presidente assumiu o comando dos negócios no ano passado no lugar de seu pai, Everardo Telles, que agora figura como presidente do conselho de administração da empresa.

Deixe seu comentário

Siga o @BaladaIN no Instagram