13 de dezembro de 2019

CRÉDITO

BNB aplicará cerca de R$ 5,5 bi do FNE apenas no território cearense

BNB deverá aplicar R$ 29,3 bilhões do FNE em toda a sua área de atuação                                      Foto: Divulgação

O Banco do Nordeste deverá aplicar R$ 29,3 bilhões do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste. Na sua área de abrangência que incluis os nove estados nordestinos, além do Norte de Minas Gerais e Espírito Santo.

O programa de aplicação do FNE foi aprovado pelo Conselho Deliberativo (Condel) da Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (Sudene). As diretrizes e prioridades da programação do FNE aprovadas para 2020 contemplam R$ 19 bilhões a serem distribuídos entre os setores do comércio e serviços, agricultura, indústria, pecuária, turismo e agroindústria.

Romildo Rolim disse que o Ceará é grande demandador de crédito

Outros R$ 10,23 bilhões serão destinados para o setor de infraestrutura e R$ 50 milhões para o Programa FNE Sol, a fim de dar maior incentivo à mini e microgeração de energia para pessoas físicas. “O Ceará é um grande demandador de crédito. Portanto, acreditamos que deveremos aplicar cerca de R$ 5,5 bilhões, além da ampliação do Crediamigo, que deve chegar a R$ 4 bilhões aqui no Estado”, afirmou o presidente do BNB, Romildo Rolim.

Foi aprovado, ainda, montante de R$ 20 milhões para o financiamento estudantil de nível superior (P-FIES), voltado para estudantes da região Nordeste com renda per capita mensal familiar de até cinco salários mínimos, conforme prevê a modalidade II do programa.

O Condel autorizou a criação de programa com recursos do FNE focado em microfinanças. Considerando o alto de grau de geração de emprego do segmento em 2019, conforme dados do Sebrae, a nova linha de crédito objetiva apoiar e financiar atividades produtivas de microempreendedores formais, inclusive o Microempreendedor Individual (MEI).

Mais notícias

Ver tudo de IN Business