Negócios
14 de novembro de 2019

Alto padrão

Blue Macaw entra na briga pela aquisição do TBOF11, dono do edifício Tower Bridge Corporate

Tower Bridge Corporate está num dos endereços mais disputados de SP                          Foto: Divulgação

A gestora imobiliária de Marcelo Fedak, Blue Macaw, realizou uma oferta pelo TBOF11, dono do Tower Bridge Corporate, um edifício comercial do tipo AAA, situado num dos endereços mais cobiçados de São Paulo, ao lado da Marginal Pinheiros, avenidas Nações Unidas e Roberto Marinho, de frente para a Ponte Estaiada.

O objetivo seria superar a oferta realizada pela Hedge Investments, que foi de R$ 90,50 por cota – oferecendo R$ 92,00 por cota, mas levantando outro fundo imobiliário com opção de migração dos atuais cotistas do TBOF11, o que foi bem visto.

O Tower Bridge já recebeu uma oferta de R$ 700 milhões da Fosun, há dois anos, já demonstrando o interesse pelo empreendimento luxuoso, que possui vista externa de 360, mais de 56.000 de área locável, restaurantes e conceitos de construção modernos, com excelência em alto padrão.

Conectado ao Centro Empresarial Nações Unidas, no fim do ano passado o edifício foi avaliado em R$ 862 milhões, mas à época tinha 26% de taxa de vacância, várias locações importantes na fase de carência e juros altos.

Mas o cenário do mercado imobiliário mudou sensivelmente este ano, com as vendas reagindo, os juros caindo às menores taxas da história, a vacância reduzindo a perto de 5% e uma valorização no setor.

Em nova avaliação, realizada este segundo semestre deste ano, a CBRE atualizou o valor do Tower Bridge Corporate para quase R$ 1 bilhão – ou R$ 99,50 por cota, o que deve dar ainda muito pano para a manga, nesta disputa pelo edifício Triplo A da capital paulista.

Deixe seu comentário

Siga o @BaladaIN no Instagram