24 de abril de 2020

OPORTUNIDADES

BID oferece curso online sobre gestão de riscos em projetos durante a pandemia

Com 11 anos de experiências próprias e com stakeholders, o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) criou a metodologia “Gestão de riscos em projetos”, que já está disponível por meio de sua certificação gratuita online, e com diversas dicas para tornar este momento de pandemia em novas oportunidades.

Curso online do BID oferece certificado                                                        Foto: Divulgação

De acordo com Sheries Ruddock, associada de operações do BID, 26% dos projetos falham devido a riscos e 80% apresentam sempre as mesmas causas de atraso. O momento requer ainda mais atenção, por isso a especialista dá alguns conselhos para profissionais que atuam em projetos.

Ela destaca que é possível aplicar o gerenciamento de riscos para os mais diversos cenários, como por exemplo desastres naturais, questões governamentais, ou mesmo a emergência sanitária do Covid-19.

“Problemas como estes precisam ser convertidos em aprendizado, daí a importância de documentá-los em um banco de dados, para planejar proativamente para o futuro com uma nova mentalidade e agir de forma preventiva”, disse Ruddock.

Que o foco deve estar na possibilidade de explorar o risco em prol do projeto. “Riscos estão frequentemente associados a aspectos negativos, porém muitos deles podem beneficiar seu projeto. Planejar proativamente sob este novo ponto de vista amplia a probabilidade de eventos positivos enquanto reduz os negativos”.

E a resolução de problemas de forma reativa e individual pode arruinar um projeto. “Não queremos ficar nos escritórios sozinhos decidindo sobre a possibilidade de os riscos se concretizarem. Precisamos incluir stakeholders no projeto, pois são eles que têm a experiência e o conhecimento específico do cenário”, lembrou.

Por isso, o BID disponibiliza sua metodologia em seu curso “Gestão de riscos em projetos”, para profissionais de todas as áreas e cargos envolvidos na formulação, gestão e execução de projetos. “A ideia é que as pessoas aprendam essas melhores práticas e sejam capacitadas para aplicá-las em seus projetos em qualquer país”, concluiu Sheires Ruddock.

Mais notícias

Ver tudo de IN Business