CONTAS DE ENERGIA ELÉTRICA

Bandeira vermelha patamar 2 deve ter aumento de 50% nos próximos meses

Por Marcelo - Em 27 de agosto de 2021

A falta de chuvas por tempo prolongado nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, provocando uma baixa significativa nos principais reservatórios de hidrelétricas, deve gerar um aumento de 50% no valor da bandeira vermelha patamar 2, incidente sobre as contas de energia elétrica.

Energia elétrica deve ficar mais cara devido à longa estiagem                         Foto: Divulgação

De acordo com o Valor Econômico, deverá chegar a R$ 14,00 a cada 100 kilowatts-hora utilizados pelos consumidores. O preço final ainda não foi fechado, mas a Aneel deverá fazer o anúncio em breve. O Ministério de Minas e Energia estava propondo uma alta para R$ 24,00 e com cobrança até dezembro.

Entretanto, o Ministério da Economia não concordou e sugeriu a elevação para R$ 14,00 e sem definir um prazo específico, mas acreditando que deva valer até maio do ano que vem.

O ministro Paulo Guedes participou do debate e, a princípio, o valor menor deve ser anunciado pela agência reguladora, contando com o aval das distribuidoras de energia de todo o País. Se a proposta for aprovada, as contas de energia residenciais deverão ter um aumento de 7,5%.

Mais notícias

Ver tudo de IN Business