ALTA NA INTENÇÃO DE COMPRA

Assis Cavalcante comemora resultado de pesquisa da CNDL para o Dia dos Pais

Por Marcelo - Em 4 de agosto de 2021

A reabertura completa das atividades econômicas e o avanço da vacinação em todo o País trazem um cenário de aquecimento das vendas para o Dia dos Pais. De acordo com o levantamento realizado pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas e pelo SPC Brasil, em parceria com a Offer Wise Pesquisas, 67% dos consumidores pretendem comprar presente (s) na data comemorativa deste ano.

O número representa um aumento de nove pontos percentuais em relação a 2020. Na prática, isso significa que aproximadamente 107,7 milhões de pessoas devem comprar presentes para entregar a seus entes queridos no segundo domingo de agosto, retornando ao patamar pré-pandemia.

Assis Cavalcante acredita na retomada da economia neste semestre              Foto: Divulgação

“O cenário de vacinação tem trazido ao País uma sensação de mais segurança para que a população realize suas atividades e o varejo conta com a data para aumentar as vendas após um ano tão difícil. O Dia dos Pais é um termômetro para o início do processo de contratação da mão de obra temporária pelo comércio no segundo semestre e a expectativa é realmente de uma retomada econômica”, afirmou Assis Cavalcante, presidente da CDL de Fortaleza.

Para a alegria do varejo, o valor que os entrevistados pretendem gastar também subiu, em média, para R$ 207,52. Com isso, estima-se movimentar no comércio nacional cerca de R$ 22,35 bilhões, um crescimento de 25% na comparação com o ano passado. Assim como em 2020, os itens de vestuário correspondem à maior parte das intenções de compra para a data (50%), seguidos de perfumes e cosméticos (43%), calçados (36%) e acessórios (29%), como meias, cintos, óculos, carteiras e relógios.

As compras pela internet, que passaram por uma forte expansão impulsionadas pela pandemia da Covid-19, serão as preferidas pelos consumidores. De acordo com a pesquisa, 47% dos entrevistados pretendem comprar a maior parte dos presentes na internet, enquanto 29% em shoppings centers, 17% nos shoppings populares e 16% em lojas de rua.

“A pesquisa mostrou, ainda, que 15% de genros ou noras pretendem comprar um presente para os sogros nesse Dia dos Pais. E 12% dos netos também têm interesse em presentear os avôs. Tudo isso era consumo que não se tinha no passado e agora, depois da pandemia, existe esse quadro”, completou Assis Cavalcante.

Mais notícias

Ver tudo de IN Business