MODA E E-COMMERCE

Arezzo anuncia aquisição da marca de streetwear BAW, por R$ 105 milhões

Por Marcelo - Em 11 de junho de 2021

Celso Ribeiro, Rony Meisler, Ceo Ar&co, Bruno Karra, Alexandre Birman, Ceo Arezzo&co, Lucas Karra E Fernando Frizzatti (embaixo) Img 0633

Celso Ribeiro, Rony Meisler, Ceo Ar&co, Bruno Karra, Alexandre Birman, Ceo Arezzo&co, Lucas Karra E Fernando Frizzatti

O mundo da moda e o e-commerce têm uma relação intrínseca há vários anos, mas esta tendência vem numa crescente. Atenta a isso, a Arezzo&Co revelou que está fazendo a aquisição da BAW Clothing, especializada em streetwear e que realiza 100% de suas vendas de maneira online.

Os bons resultados da empresa são chamativos, pois a BAW oferece roupas funcionais e que dão muito conforto a quem usa, caindo no gosto do público. Tanto que seu faturamento explodiu nos últimos quatro anos, indo de R$ 2 milhões para R$ 40 milhões, segundo o Brazil Journal. E a expectativa é fechar 2021 em R$ 80 milhões

Com seus clientes integrando a Geração Z – formada por pessoas entre 20 e 30 anos na sua grande maioria -, com inspirações na cultura pop, a tradicional marca pretende ampliar o seu portfólio com mais essa compra.

Com um tíquete médio de R$ 194,00 em suas peças, a BAW trouxe para o streetwear nacional um alto nível de performance semelhante a de marcas internacionais como Supreme e Off-White. No final de 2020, a VF – dona da Vans e Timberland – realizou a aquisição da Supreme por US$ 2,1 bilhões.

A negociação da BAW foi fechada em R$ 105 milhões, sendo que a Arezzo pagará agora R$ 35 milhões em dinheiro, outros R$ 50 milhões em ações, com um período de lockup, quando os investidores não podem vender as ações sob pena de multa. De quatro anos, e mais R$ 20 milhões até 2026.

De acordo com analistas da XP, a transação é muito positiva e está alinhada com a estratégia da Arezzo de ampliar o desenvolvimento da sua linha de vestuário, realizando a compra de marcas aspiracionais.

Mais notícias

Ver tudo de IN Business