IMPORTAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO

Aglutina importa resinas para fabricar aglomerados e também EPDM para pisos emborrachados de alta performance

Por Marcelo - Em 11 de maio de 2021

A Aglutina é uma empresa cearense importadora e distribuidora de produtos químicos, principalmente resinas Biocol, fruto da parceria com a Companhia Portuguesa de Resinas para Abrasivos S.A. (Resibras), que também pertence à família Carneiro. Importa e comercializa, também, o EPDM, que é um grânulo desenvolvido especialmente para a fabricação de pisos emborrachados de alta performance, muito usado em parques infantis, pistas de atletismo, academias, áreas internas, tatames, áreas molhadas de piscinas, dentre outras possibilidades.

Piso em EPDM é muito usado em playgrounds de escolas premium                 Foto: Divulgação

Outro foco importante é desenvolver materiais aglomerados de madeira, cortiças, plásticos, borrachas, inclusive pedras, colaborando dessa forma com a preservação do meio ambiente. Uma vez que muitas fábricas geram grandes quantidades de sobras e aparas que, com o uso das resinas da Aglutina, acabam sendo reaproveitadas.

De acordo com Rodrigo Carneiro, sócio da empresa, recentemente elas foram a solução para resíduos de manta acústica, que uma empresa de Santa Catarina tinha acumulado e não estava conseguindo reprocessar. “Com o uso da nossa resina, foi possível reaglutinar este material que estava parado e transformá-lo em um aglomerado de manta acústica praticamente igual ao produto novo e comercializá-lo”, disse.

Em Portugal, as resinas que a Aglutina comercializa no Brasil são utilizadas amplamente na indústria de cortiças, feitas a partir de cascas de árvore, principalmente para a fabricação de rolhas de garrafas de bebidas. O resto do material é triturado, misturado com a resina e em seguida prensado, para dar um produto final quase igual ao novo.

No caso da espuma de colchões, as aparas também são trituradas e em seguida misturadas com a resina e são feitos produtos com a densidade que o fabricante desejar. A resina também pode ser utilizada junto com pneu triturado, para fazer tapetes emborrachados para academias, com um nível de resistência ainda maior.

Parques externos também podem utilizar o material, que é atóxico e não inflamável

“Nossa resina também pode ser misturada com EPDM, que importamos da Alemanha, e fabricamos pisos especiais para parques infantis, sendo que o produto final é atóxico, totalmente lavável, não absorve calor ou frio, é antiderrapante, e pode ter outros tipos de utilização. E um grande diferencial: não é inflamável”, explicou Cícero Veloso, gerente comercial da Aglutina.

Os pisos produzidos pela empresa cearense também permitem a confecção de qualquer formato, podendo revestir qualquer tipo de superfície, sem emendas, inclusive em cima da areia, pois é monolítico. No Brasil, playgrounds de escolas premium, shopping centers, pistas de atletismo, parques aquáticos, clubes, são alguns dos principais clientes da Aglutina, além de fábricas de um modo geral.

Com sua matriz situada em Fortaleza, a empresa possui uma filial na cidade catarinense de Itajaí, atendendo a todo o território nacional. E possui, ainda, um Centro de Distribuição no Ceará, de onde envia seus produtos para os quatro cantos do o Brasil. Um de seus grandes clientes é a empresa Rubber Brasil, considerada a melhor aplicadora de piso emborrachado EPDM monolítico do País. Mais informações podem ser obtidas no site: www.aglutina.com.br ou então no Instagram: @aglutinaoficial.

Na Europa

Em Portugal a Resibras, que foi fundada há mais de 30 anos pelo pai de Rodrigo, o empresário Antônio Carneiro, mais conhecido como Lúcio Carneiro, tem forte atuação no setor de cortiça, espumas, aglomerados de madeira, indústria automobilística (pastilhas de freio) e também construção civil.

“Na produção de rolhas aglomeradas, nossa empresa é líder no fornecimento de resinas para os fabricantes desses produtos nos principais mercados da Europa. Nossa empresa também desenvolve colas e resinas para qualquer tipo de aplicação em aglomerados e adesivos, bem como fornecimento de matéria prima para as maiores indústrias europeias.

Parques aquáticos também pode utilizar os pisos emborrachados em áreas molhadas, pois são feitos de material antiderrapante

Mais notícias

Ver tudo de IN Business