15 de janeiro de 2021

REFORÇO DE SUPRIMENTO

White Martins da ZPE Ceará envia 70.000m³ de oxigênio semanais para abastecer aos hospitais de Manaus

A unidade da White Martins instalada na ZPE Ceará iniciou esta semana o envio de 70.000m³ de oxigênio para apoiar o suprimento desse gás que está em falta nos hospitais públicos e privados de Manaus, devido à explosão da pandemia de Covid-19 registrada no Amazonas.

White Martins da ZPE Ceará reforçará o suprimento de oxigênio em Manaus   Foto: Divulgação

Maior planta do Brasil e uma das maiores da América Latina, a White Martins ocupa posição de destaque dentro da nossa ZPE, empresa subsidiária do Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP S/A), formada pela joint-venture entre o Governo do Ceará e o Porto de Roterdã.

De acordo com a empresa, a primeira remessa de carretas de oxigênio já foi enviada, na última terça-feira, para Belém, de onde seguirá com destino à capital manauara com o apoio de balsas. Uma segunda remessa foi enviada nesta quinta-feira, seguindo a mesma logística.

Uma das maiores fornecedoras de oxigênio hospitalar do Brasil, a White Martins também possui unidade instalada em Manaus, mas, devido à alta demanda gerada pelos crescentes casos da Covid-19 na cidade, a empresa decidiu reforçar o fornecimento local com gases produzidos em outros estados, como é o caso da unidade da ZPE Ceará.

“A White Martins é uma das empresas instaladas na única zona de processamento de exportação em atividade hoje no Brasil. Em dias normais, esse oxigênio é produzido para atender à demanda de outra empresa instalada na região: a Companhia Siderúrgica do Pecém. Mas diante dos desafios impostos pela pandemia, a White Martins acaba assumindo um importantíssimo papel na missão de salvar vidas”, asseverou Danilo Serpa, presidente do CIPP S/A.

Mais notícias

Ver tudo de IN Loco