24 de janeiro de 2020

ECONOMIA

Novo Centro de Convenções de Salvador tem expectativa de movimentar 500 milhões por ano

Descerramento da placa realizada por autoridades, prefeito de Salvador e diretores da GL Events

Descerramento da placa realizada por autoridades, prefeito de Salvador e diretores da GL Events. (Foto: Divulgação)

A capital da Bahia fervilhou ontem à noite, quinta-feira (23), mas quem pensou em pré-carnaval, desta vez errou. A festa, que reuniu mais de mil convidados, foi para prestigiar a abertura do novo Centro de Convenções de Salvador, que levou o nome de Antônio Carlos Magalhães, em homenagem ao ex Governador do Estado, e avô do atual prefeito da capital, ACM Neto.

Com esforços da Prefeitura e da GL Events – empresa que administrará o equipamento pelos próximos 25 anos – o que era uma grande expectativa, finalmente tornou-se realidade. E para celebrar o momento com a pompa que ele merece, foi promovido uma grande queima de fogos, que antecedeu o show da diva baiana, Maria Bethânia.

O novo equipamento tem expectativa de movimentar a economia da capital em torno de R$ 500 milhões por ano

O novo equipamento tem expectativa de movimentar a economia da capital em torno de R$ 500 milhões por ano. (Foto:Divulgação)

O novo empreendimento, orçado em de R$130 milhões, oriundos do tesouro municipal, tem expectativa de movimentar a economia da capital em torno de R$ 500 milhões por ano, e gerar cerca de 2,5 mil empregos temporários, de acordo com as projeções do presidente do Salvador Destination, Roberto Duran.

Dsc 0752 768x510

Prefeito de Salvador, ACM Neto. (Foto:Divulgação)

Já para o prefeito de Salvador, o novo empreendimento mudará o cenário turístico e econômico da cidade. “O novo equipamento vai tocar na veia econômica da nossa cidade, gerando empregos e melhores condições de vida. Com o Centro de convenções, será turismo o ano inteiro para Salvador”, diz ACM Neto.

Deixe seu comentário

Siga o @BaladaIN no Instagram