31 de março de 2021

SOLIDARIEDADE NO PECÉM

AECIPP retoma campanha para arrecadar cestas a serem distribuídas à comunidade

Em abril do ano passado, em meio à primeira onda da pandemia de Covid-19, a Associação das Empresas do Complexo Industrial e Portuário do Pecém, juntamente com as empresas associadas, o Conselho Comunitário do CIPP e a Rede de Cooperação, lançaram a campanha “Cesta amiga: alimentando esperanças”.

Cestas básicas serão distribuídas pelas equipes da AECIPP                               Foto: Divulgação

A iniciativa nasceu com o objetivo de ajudar as comunidades do entorno do CIPP que estavam em situação de vulnerabilidade social em razão da pandemia. Nesse momento em que os números de casos e internações voltou a atingir altos patamares e novas medidas restritivas precisaram ser tomadas, a AECIPP decidiu retomar a campanha, arrecadando recursos para a compra de cestas básicas que serão distribuídas às comunidades.

As doações podem ser feitas através do site: https://abacashi.com/p/cesta-amiga-aecipp até o final de junho. A campanha é aberta para todas as empresas do Complexo, seus funcionários e quem mais quiser contribuir com qualquer quantia a partir de R$ 10,00. Com os recursos, a AECIPP realizará a compra dos produtos alimentícios e montará as cestas no valor de R$ 65,00.

Os alimentos devem beneficiar cerca de 250 famílias e serão destinados, prioritariamente, para as famílias que residem nas comunidades de Pecém (Praia e Planalto), Bolso, Parada, Acende Candeia, Paul, Varjota e Matões. No ano passado, a campanha Cesta Amiga, realizada entre os meses de abril e agosto, arrecadou mais de 12 mil cestas básicas que beneficiaram comunidades de de São Gonçalo do Amarante, Caucaia, Paracuru e Fortaleza.

“Na primeira edição da campanha, tivemos uma grande adesão e esperamos que esse ano novamente as pessoas se sensibilizem e contribuam. A nossa solidariedade é fundamental, pois essas famílias, que já vivem em condições muito precárias e já enfrentam muitas necessidades normalmente, nesse momento, estão precisando ainda mais da nossa ajuda”, ressaltou o presidente do Conselho de Administração da AECIPP, Ricardo Parente.

Mais notícias

Ver tudo de IN Loco