COMBATE AO CORONAVÍRUS

Uece discutirá com Fiocruz parceria para produzir vacina desenvolvida no Ceará

Por Marcelo - Em 26 de maio de 2021

Uma equipe de pesquisadores da Universidade Estadual do Ceará que está trabalhando no desenvolvimento de uma vacina contra a Covid-19, batizada como HH-120-Defenser, participará de um workshop com integrantes da Fundação Oswaldo Cruz, no mês que vem, para discutir a possibilidade de fabricação do imunizante, caso os testes clínicos solicitados à Anvisa sejam aprovados e tenham resultados positivos, como ocorreu com cobaias de laboratório.

Laboratório da Uece já obteve bons resultados contra o Sars-CoV 2                 Foto: Divulgação

A data ainda não foi definida, mas o certo é que deverá ocorrer em breve, uma vez que além de ter demonstrado uma boa eficácia contra o novo coronavírus, o imunizante desenvolvido pela Uece tem baixo custo e poderia representar a possibilidade de universalizar a aquisição de uma vacina com preço muito acessível a todos os países.

Uma reunião promovida pelo titular da Secitece, Inácio Arruda, contou com a presença do reitor da Uece, Hidelbrando Soares; o diretor da Fiocruz Ceará, Carlile Lavor; além dos pesquisadores do LBBM-Uece Izabel Guedes e Ney de Carvalho. A presidente da Fiocruz, Nísia Trindade, já está a par do assunto e aprova a parceria. A vacina da Uece utiliza um coronavírus aviário, não infectante para o ser humano, mas que produz anticorpos neutralizantes do Sars-CoV 2.

Pesquisa

O imunobiológico cearense propõe uma nova forma de uso de um coronavírus aviário atenuado, que não causa infecção em seres humanos. O trabalho está sendo realizado no Laboratório de Biotecnologia e Biologia Molecular da Uece (LBBM), comandado pela professora Izabel Florindo Guedes.

Após a aprovação da Anvisa, deverá ser dividida em três etapas. Na primeira, os testes serão realizados com cerca de 100 pessoas adultas, de 18 a 60 anos, sem comorbidades. Na segunda será a vez de pessoas acima de 60 anos, com comorbidades. Na terceira, os testes serão aplicados em milhares de pessoas, com perfis diversificados, visando confirmar a eficácia do imunizante.

Mais notícias

Ver tudo de IN Connection