16 de julho de 2020

SANEAMENTO BÁSICO

Tasso afirma que houve excesso de vetos de Bolsonaro ao novo Marco Legal

O senador Tasso Jereissati criticou os vetos do presidente Jair Bolsonaro à Lei do novo Marco Legal do Saneamento Básico. Relator do projeto no Senado, ele mostrou-se surpreso, em especial com relação ao veto do artigo 16, que trata da prorrogação dos contratos de programa.

Tasso Jereissati se disse surpreso com o número de vetos                  Foto: Portal In News

Especificamente sobre esse artigo, afirmou que daria maior autonomia aos governadores que ainda estão no exercício de seus mandatos até 2022. E que o senador Fernando Bezerra está tentando uma solução para que esse veto seja melhor pensado.

“Vai dar a oportunidade aos governadores que façam suas opções conforme o mandato que o povo lhes deu. De seguir este ou aquele rumo, conforme aquilo que ele achar melhor pro seu governo, pro seu estado e prá sua consciência”
E lembrou que estavam previstos apenas três vetos. “Foi para mim, também, extrema surpresa quando recebi a notícia de que havia 11 vetos ao projeto, que eu não esperava. Fiquei profundamente surpreendido. Acho que foi um tiro no pé que o Governo tá dando”, disse.

O senador cearense admitiu que será favorável à derrubada desse veto no Congresso Nacional: “Se este veto vier ao Congresso, quando vier, já lhes digo que meu voto pessoal, e espero que daqueles meus amigos, seja de derrubar esse veto”, destacou Tasso Jereissati.

Assista ao vídeo:

Mais notícias

Ver tudo de IN Connection