28 de outubro de 2020

AÇÕES EM CONJUNTO

Sarto destaca parceria com Governo do Ceará que traz benefícios para Fortaleza

O candidato do PDT à Prefeitura de Fortaleza, José Sarto, enfatizou a parceria administrativa que já existe na Capital com o governador Camilo Santana (PT) e assegurou que vai otimizar esse diálogo para beneficiar ainda mais a população. E ressaltou, na manhã desta quarta-feira (28), que conversa todos os dias com Camilo. “O que nos une são as ideias, os projetos de uma cidade inclusiva”, destacou.

Sarto participou do Jornal Jangadeiro, na Band News FM                                Foto: Divulgação

Ele mencionou, durante entrevista à Rádio Band News FM, o programa Juntos por Fortaleza, que atesta uma parceria já existente e fluida entre a Prefeitura de Fortaleza e o Governo do Ceará. “Onde o Governo interfere, ajuda diretamente em saneamento, drenagem, pavimentação, areninhas, policlínicas. E nós vamos fazer essa interlocução se tornar ainda mais fluida, mais rápida, para beneficiar Fortaleza”, disse Sarto.

De acordo com o pedetista, a população já entende muito bem que a soma de esforços, ideais e projetos entre Roberto Cláudio e Camilo é benéfica para a Cidade. Ele acrescentou que, nestas eleições, representa um projeto impessoal e busca trabalhar por uma cidade mais justa, oferecendo a melhor qualidade do serviço público possível.

Candidato do PDT integra o Comitê Estadual de Enfrentamento ao Coronavírus

Ainda sobre o diálogo com Camilo, Sarto destacou que integra o Comitê Estadual de Enfrentamento à Pandemia do Novo Coronavírus desde a criação. “Converso com Camilo todo dia. Até porque temos três reuniões semanais sobre acompanhamento da Covid”, disse, reforçando que é presidente da Assembleia Legislativa e Camilo tem enviado mensagens à Casa para ampliar as ações contra a Covid-19.

Outro bom indicativo da parceria administrativa que já existe, segundo o candidato, é a condução da pandemia liderada no Ceará por Camilo e em Fortaleza por Roberto Cláudio, uma referência em todo o País. “Fortaleza conseguiu (responder) de uma forma rápida. O Roberto construiu um hospital em 24 dias. Imagina aí se não tivéssemos construído seis UPAs, quatro policlínicas, o José Frota 2? Como estaria a saúde do fortalezense nessa pandemia?”, questionou.

Mais notícias

Ver tudo de IN Connection